Destaque

Trânsito na parte inferior do viaduto Murilo Domingos será liberado parcialmente

Os acessos para a Avenida Manoel José de Arruda (Av. Beira Rio) pela rotatória continuarão bloqueados       Será liberado a partir de sábado (19) o fluxo de veículos, na parte inferior do viaduto Murilo Domingos, para os condutores que transitam, exclusivamente, no sentido Cuiabá – Várzea Grande e vice-versa. Sendo assim, aqueles que …

Os acessos para a Avenida Manoel José de Arruda (Av. Beira Rio) pela rotatória continuarão bloqueados

 

 

 

Será liberado a partir de sábado (19) o fluxo de veículos, na parte inferior do viaduto Murilo Domingos, para os condutores que transitam, exclusivamente, no sentido Cuiabá – Várzea Grande e vice-versa. Sendo assim, aqueles que vêm para Cuiabá pela Ponte Sérgio Motta voltarão a utilizar a rotatória para ter acesso a Avenida Tancredo Neves. Da mesma forma, quem deseja ir para Várzea Grande poderá chegar até a rotatória pela Tancredo Neves e seguir para o município pela Sérgio Motta.

A liberação do trecho é feita em consenso entre as secretarias de Mobilidade Urbana (Semob) e Obras Públicas, que constataram que o fluxo nesse local específico não impacta, neste momento, no andamento da obra e tampouco gera riscos aos trabalhadores e condutores. Segundo a Semob, é importante destacar, no entanto, que os acessos para a Avenida Manoel José de Arruda (Av. Beira Rio) pela rotatória continuarão bloqueados e que o cidadão será informado com antecedência sobre qualquer alteração no trânsito da região.

“Todo condutor que deseja fazer esse trajeto exclusivo está liberado para utilizar a rotatória na parte inferior do viaduto. É uma medida provisória, que está sendo adotada para minimizar os impactos da obra nessa região. Nesses primeiros dias de adaptação, nossos agentes de trânsito estarão nos pontos estratégicos prestando todo apoio necessário”, destaca o prefeito Emanuel Pinheiro.

ANDAMENTO DA OBRA:

Na última terça-feira, o prefeito Emanuel Pinheiro comunicou que a entrega do viaduto Murilo Domingos foi transferida para o início de 2021. Conforme explicado pelo gestor, a extensão no prazo foi solicitada pela empresa responsável pela execução da obra, que terá que trabalhar na substituição de solo em uma das cabeceiras que faz a ligação entre a pista e a estrutura de concreto.

De acordo com o relatório técnico apresentado ao Município, na cabeceira nº 2 (no sentido da Avenida Fernando Corrêa da Costa — Unic) foi encontrada na área de aterramento uma camada de barro com profundidade de 1,6 metro. Dessa forma, a empresa precisará remover essa camada por completo e substituir por um solo de melhor qualidade, já que, conforme as normas técnicas, o processo de aterro deve ser efetuado sobre uma base sólida.

“Me pediram para estender o prazo da entrega em algumas semanas, para que tudo seja solucionado. Determinei que fizessem tudo que for necessário para entregar à sociedade uma obra de qualidade. A estrutura do viaduto já está praticamente finalizada, restando apenas a pavimentação. Mas, precisamos dedicar esse tempo neste caso, para que a população usufrua do viaduto sem preocupações”, relatou o prefeito.

Neste momento, paralelo ao trabalho de substituição do solo, os operários atuam no levantamento do muro em escama de terra armada nas duas pontas do elevado. Também já foi realizado o processo de instalação do sistema de iluminação de LED na parte superior do viaduto. Posteriormente, será executado o serviço de pavimentação da pista de rolamento, acompanhado da sinalização viária horizontal e vertical.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados