Destaque Noticias Variedades

Secretário de Turismo faz balanço positivo e prepara aplicativo para fomentar o setor

“Encerramos 2021 com excelentes perspectivas e metas alcançadas desde que assumi a pasta do Turismo na capital. Mesmo sendo um ano de dificuldades em razão da pandemia do coronavírus, conseguimos atender o trade turístico com excelência. Temos um gestor humanizado que sempre ouviu as categorias a fim de chegar num denominador comum diante da necessidade de elaboração dos decretos municipais”. O secretário municipal de Turismo, Oscarlino Alves fez questão de agradecer pela oportunidade de chefiar a pasta turística do município.

Durante os nove meses de gestão, muitos avanços foram conquistados, como por exemplo, a criação do Primeiro Aplicativo Móvel que já está pronto, passando pela fase da homologação e contratação das lojas virtuais para inserção do aplicativo nos dois sistemas operacionais (Apple e Android). “A previsão é que o aplicativo de dispositivo móvel seja entregue no primeiro trimestre de 2022”, detalhou Oscarlino.

Já foram catalogados 350 estabelecimentos comerciais estão sendo abrigados no aplicativo de dispositivo móvel, que através das entidades ligadas ao setor, foram feitos os cadastros eletrônicos para inserção de todas as informações necessárias, como endereços, horário de funcionamento, ramo de atividade, fotos, opções de cardápios, hotéis, rotas turísticas, dentre outros.

O secretário lembra, que esse resultado foi baseado nas agendas internas e externas, sempre em contato com o Trade Turístico e Conselho Municipal. “Conseguimos a aprovação do prefeito Emanuel Pinheiro e do Conselho do 1º Plano Municipal de Turismo de Cuiabá.  Com o plano foram definidos cinco objetivos, dentre eles, o ordenamento, capacitação, reforma, organização de city tour, rota nos balneários do entorno da Rodovia MT 251.

“A nossa meta é potencializar o turismo no município e entorno (distritos e comunidades), nos setores gastronômico, cultural, negócios, eventos, religioso, cultural, histórico natural, de aventuras e pesca esportiva. Estamos trabalhando para desenvolver o plano de ação com promoção de roteiros turísticos. Temos como missão devolver Cuiabá para os cenários nacional e internacional como uma das principais rotas de visitação para apresentação das nossas belezas naturais”, disse o secretário.

VILA CUIABANA- A entrega da obra de reconstrução da Vila Cuiabana, retrata os antigos casarões coloniais da Capital, sendo mais um atrativo turístico que integra a Orla do Porto, situada às margens do Rio Cuiabá, na avenida Beira Rio. O local tem oito réplicas de casarões coloniais feitos com materiais de alvenaria, não mais como a obra antiga que foi toda arquitetada com compensados.

A Orla do Porto é uma das principais referências culturais de Cuiabá, além de ser um espaço voltado a realização de eventos, o local atrai turistas e pessoas q passam no local para aproveitar os sabores típicos oferecidos pelos vários restaurantes, ou mesmo para um passeio com a família.

FESTA NA PRAÇA- Cerca de vinte (20) expositores que integram o tradicional Bulixo Cuiabano do Sesc/Fecomércio oferecem ao público do centro da capital e Jardim das Américas, opções da gastronomia, artesanatos, atrações musicais, dentre outros, de forma gratuita. Além de fomentar o turismo local, o Festa na Praça impulsiona a economia, gerando e emprego e renda. Para o próximo ano, a proposta é expandir o projeto para outras praças.

PLANO MUNICIPAL- O Plano de Ação foi construído pela equipe técnica após três meses de trabalho, com escutas, observações, análises, reuniões e visitas técnicas nas principais regiões turísticas da Baixada Cuiabana, como o São Gonçalo Beira Rio, Baixada Cuiabana, Sucuri, Pequizeiro, Nossa Senhora da Guia e Coxipó do Ouro.

Dentre as iniciativas elencadas como prioridades estão a construção da Marina Fluvial na região do São Gonçalo Beira Rio; a revitalização da Praça Rachid Jaudy e do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), reformatação para a Rua das Óticas (Cândido Mariano), Mirante Viola de Cocho; Projeto de Revitalização do Morro da Luz; Projeto adote uma praça; e revitalização do Museu do Rio.

“Cuiabá precisa atrair turistas para que a capital seja mais receptiva e menos emitiva, mandamos muitos turistas para fora. Temos que potencializar o interesse para que as pessoas e visitantes tenham prazer de conhecer Cuiabá. Os números são promissores, com perspectivas de eventos corporativos, devolver a cidade como a capital do agronegócio.  O nosso trabalho foi e sempre será pautado na democracia”, finalizou.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados