Destaque

Secretário de Saúde apresenta Plano de Contingenciamento contra o Covid-19 aos vereadores

Secretário de Saúde apresenta Plano de Contingenciamento contra o Covid-19 aos vereadores A pedido da Comissão de Saúde e Previdência Social da Câmara Municipal de Cuiabá, o secretário de Saúde Luiz Antônio Possas de Carvalho apresentou aos vereadores da Capital o plano de contingencia do Executivo Municipal contra o novo Coronavírus (Covid-19). A apresentação ocorreu …

Secretário de Saúde apresenta Plano de Contingenciamento contra o Covid-19 aos vereadores
A pedido da Comissão de Saúde e Previdência Social da Câmara Municipal de Cuiabá, o secretário de Saúde Luiz Antônio Possas de Carvalho apresentou aos vereadores da Capital o plano de contingencia do Executivo Municipal contra o novo Coronavírus (Covid-19).
A apresentação ocorreu na tarde desta quarta-feira, dia 15, após audiência pública de apresentação do relatória do terceiro quadrimestre da saúde, referente ao ano de 2019, a qual foi conduzida pelo vereador Ricardo Saad (PSDB), presidente da Comissão.
Na oportunidade, o secretário revelou que a Prefeitura está trabalhando com diversos cenários e se preparando para todos.  Atualmente, o atendimento está sendo feito no antigo Pronto Socorro da Capital. A unidade de saúde possui 120 leitos de enfermaria, 40 leitos UTI adulto, e 15 pediátrico.
 Caso o antigo PS não comporte os pacientes, o Hospital São Benedito será utilizado como retaguarda. Desta forma, Possas afirma que já foi suspensa as cirurgias e atendimentos eletivos da unidade de saúde. “Lotou o PS, os pacientes serão regulados para o São Benedito, onde temos 83 leitos clínicos de enfermaria para pacientes moderados e 30 leitos de UTI”, completou o técnico da secretaria de Saúde, Ricardo Venero.
De acordo com ele, o Executivo ainda se prepara para um terceiro cenário, que seria a utilização da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Verdão, a qual foi inaugurada na semana passada pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).
“Ainda temos a UPA Verdão, que será utilizada em um terceiro cenário, caso haja esse pico da doença em Cuiabá. A unidade  tem a disposição 18 leitos de enfermaria e seis leitos de UTI. Caso haja superlotação, ainda iremos utilizar o espaço física desta mesmo unidade para criar novos leitos de enfermaria e UTI”, finalizou.
 A medida será necessário casa haja o aumento no número de casos, o que é esperado pelo Executivo Municipal. Isto porque, conforme levantamento realizado pela pasta, o pico da doença na Capital deve ocorrer entre 10 de abril a 20 de maio.
“Desde janeiro estamos trabalhando para conter essa proliferação, que na época era tratada como epidemia. Tomamos a primeira providência em 30 de janeiro como comprar de EPIs e a solicitação de 50 respiradores. Hoje temos a disposição da população 109 leitos de UTI e 235 leitos de enfermaria, voltados apenas para o atendimento de pessoas acometidas pela Covid”, pontuou Possas.
Para Saad, a apresentação foi muito esclarecedora. “Conseguimos fazer todas as nossas sugestões visando o comabate ao vírus, e também nos inteirar sobre as medidas que estão sendo adotadas pelo Executivo”, finalizou.

Kamila Arruda | Câmara Municipal de Cuiabá

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados