Geral Noticias Variedades

Secretaria de Obras dá continuidade aos trabalhos de recuperação na ponte da ‘Estrada do Moinho’

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Obras Públicas, dá continuidade nesta segunda-feira (21), aos trabalhos de recuperação da cabeceira da ponte da ‘Estrada do  Moinho’, localizada na avenida Arquimedes Pereira Lima. A obra com investimento de aproximadamente R$ 150 mil deve ser concluída em 10 dias.

 “A Arquimedes é responsabilidade do Governo do Estado, mas a ponte pertence a Prefeitura de Cuiabá. Em virtude do excesso de chuvas, o nível da água se elevou e danificou a cabeceira da ponte. Nossas equipes continuam no local realizando os trabalhos, nossos engenheiros foram até o local para verificar qual seria a melhor solução. No sábado eu estive lá, vistoriei e começamos a remover o material que será utilizado na obra e em dez dias vamos devolver a ponte com trafegabilidade e a segurança necessária. Já conversei com secretário de Estado, Marcelo Padeiro, que deve encaminhar um pedido para licenciar e fazer o recapeamento da Estrada do Moinho”, explicou o prefeito em exercício, José Roberto Stopa.

Na última sexta-feira (18), a pista sentido bairro-centro foi interditada pela Defesa Civil em razão de uma erosão registrada no local. Com a finalidade reforçar a segurança dos pedestres e motoristas que trafegam pelo trecho, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (SEMOB) esteve presente, implantando toda a sinalização adequada, inclusive, com auxílio de blocos de concreto. Os agentes municipais fizeram adequações na pista bairro-centro, a fim de minimizar os impactos no trânsito, transformando-a em mão dupla.

O diretor da Defesa Civil, José Pedro Zanetti, afirmou que uma nova vistoria foi realizada no local nesta segunda-feira (21). “Hoje pela manhã estivemos na ponte sobre o Rio Coxipó e realizamos mais uma vistoria. Foi constatado que a equipe da Secretaria de Obras já está cuidando da recuperação da cabeceira da ponte, a Semob fez um desvio e o trânsito não foi interrompido, porém funcionando em mão dupla”, disse Zanetti.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados