Brasil Destaque Noticias Sem categoria

Saúde recomenda vacina contra a gripe para toda a população acima de 6 meses de idade

A 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, tendo como objetivo a vacinação dos grupos prioritários previamente definidos, buscava garantir o alcance da meta de cobertura vacinal de pelo menos 90% desses grupos.

No entanto, até 28/6/2021, as coberturas vacinais nacionais, estaduais e municipais ainda estão baixas e heterogêneas, o que pode levar a formação de bolsões de pessoas não vacinadas contra a influenza, favorecendo o aparecimento da doença e suas complicações, em especial nos grupos de maior risco.

Diante desse quadro, o governo decidiu liberar a vacina contra gripe para toda a população com idade acima de 6 meses, enquanto houver vacina em estoque. Para se vacinar, basta procurar a sua unidade de Saúde com a carteira de vacinação e cartão do SUS.

Os dados da Campanha registrados no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI), até o dia 28/6/2021, do total de pessoas que devem ser vacinadas nas três etapas da campanha (79,7 milhões), foram vacinadas 37,9% (32.155.321) da meta de no mínimo 90%.

Dentre os grupos com as mais baixas coberturas estão, as crianças com cobertura de 61,9% (9.935.203), gestantes com 52,7% (1.125.196), não tendo sido atingida a meta em nenhuma Unidade Federada para esses dois grupos; e puérperas com 57,7% (202.812) de vacinadas, os idosos com cobertura de 47,5% (14.338.023), sendo que a meta não foi alcançada para nenhum dos grupos.

Diante deste cenário e da existência de vacinas nos estoques municipais, estaduais e federal, solicita-se a manutenção e ampliação de esforços junto aos municípios para desenvolver estratégias que visem melhorar o desempenho da vacinação da população-alvo da campanha, na perspectiva de alcançar elevadas e homogêneas coberturas vacinais.

Fonte: AMM

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados