Destaque Judiciário

Quatro pessoas são presas por corrupção de menores em motel de Várzea Grande

As vítimas denunciaram à PM  que os suspeitos lhe deram bebidas alcóolicas e as obrigaram a ter relações sexuais com eles. Na manhã desta terça- feira(24) a Polícia Militar prendeu três homens (27 e 31 anos) e uma mulher (19) por corrupção de menores, em Várzea Grande. As vítimas denunciaram à PM  que os suspeitos …

As vítimas denunciaram à PM  que os suspeitos lhe deram bebidas alcóolicas e as obrigaram a ter relações sexuais com eles.

Na manhã desta terça- feira(24) a Polícia Militar prendeu três homens (27 e 31 anos) e uma mulher (19) por corrupção de menores, em Várzea Grande. As vítimas denunciaram à PM  que os suspeitos lhe deram bebidas alcoólicas e as obrigaram a ter relações sexuais com eles.

Por volta das 6 horas, os policiais foram acionados via 190 para verificar uma denúncia de abuso sexual contra menores em um motel em Várzea Grande. A polícia foi até o estabelecimento, mas as vítimas não foram encontradas. Em seguida a equipe foi informada que as três adolescentes estavam um posto de combustível na região do bairro Jardim Potiguar (Zero km).

As vítimas relataram aos policiais que estavam em uma sorveteria  na Praça do bairro Pedra 90 em Cuiabá e que foram abordadas pelos dois suspeitos que chamaram elas para curtir. Elas disseram ainda que deixaram os sorvetes na mesa, foram até o banheiro e quando voltaram terminaram o sorvete e depois só acordaram em um motel em Várzea Grande.

No estabelecimento, as vítimas acordaram e estavam amarradas, que lhe ofereceram bebidas alcóolicas e as teriam forçado a manter relações sexuais com os suspeitos. Diante da negativa, as menores disseram que os suspeitos a mandaram embora e elas saíram à pé do motel; momento em que acionaram a PM.

Os policiais foram até o referido motel e deteram as quatro pessoas que estavam no quarto. Vítimas e suspeitos foram conduzidos à delegacia. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados