Destaque

Proposta de autoria do deputado Max Russi para aquisição de computadores e plano de internet para professores é aprovada

Outra medida que o parlamentar tenta tirar do papel, é o ‘Auxílio Conexão’ para alunos da rede pública de ensino, durante a pandemia do coronavírus.   O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), comemorou a aprovação da mensagem 35/2021 do Poder Executivo que contempla 15.890 professores da rede pública estadual, com a compra …

Outra medida que o parlamentar tenta tirar do papel, é o ‘Auxílio Conexão’ para alunos da rede pública de ensino, durante a pandemia do coronavírus.

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), comemorou a aprovação da mensagem 35/2021 do Poder Executivo que contempla 15.890 professores da rede pública estadual, com a compra de computadores novos, além de um plano de internet mensal no valor de R$ 70,00 por um período de 36 meses. O valor total do investimento é de até R$ 6.020,00 e passa a valer a partir do dia 31 de março deste ano. O investimento não se trata de financiamento. Profissionais temporários também terão direito, mas em regime de comodato.

“A aprovação desta lei é um grande marco na Educação. Essa é uma medida acertada, que irá beneficiar toda uma categoria. Nesse cenário de pandemia, será possível que os nossos professores tenham toda a estrutura para que aulas esse ano não sejam ainda mais prejudicadas. Sabemos que nem todos os professores possuem notebooks, tablets”, observou Max Russi.

A inciativa anunciada pelo governo na manhã desta segunda-feira (22), foi apresentada pelo parlamentar, por meio de uma indicação, em fevereiro deste ano. No documento, o deputado argumenta que o pedido é um completo a outra solicitação ao estado, apresentada em janeiro deste ano, que trata da necessidade da disponibilização de chips de telefonia celular com plano de dados aos alunos da rede pública de ensino, o ‘Auxílio Conexão’.

De acordo com o governador Mauro Mendes, o governo irá depositar o recurso na conta do professor, “para que todos possam ter esse equipamento como ferramenta de trabalho para aprimorar a educação de nossos alunos. É mais um investimento que o Governo está fazendo, entre tantos outros, cujo objetivo é melhorar a qualidade do ensino, valorizando os nossos professores, pontuou Mendes.

Pela proposta, a ajuda de custo tem caráter indenizatório e correrá com orçamento próprio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc). “Esse é um grande avanço que estamos realizando com foco na melhoria do ensino aprendizagem. Muitos professores não tinham o equipamento e agora poderão adquirir sem onerar seu custo de vida”, ressaltou o secretário da pasta, Alan Porto.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados