Destaque Noticias Variedades

Projeto de castração de animais conquista boa adesão popular

Neste primeiro momento, foram disponibilizadas 100 vagas para cães e gatos

A Diretoria de Bem-Estar Animal (DBEA), ligada à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável (SMADESS), realizou, nesta quinta-feira (23), mais uma etapa do projeto de castração legal, nos bairros CPA III e IV. A iniciativa conquistou boa adesão popular com 90% das inscrições efetivadas (50 para cães e 40 para gatos). Ao todo foram disponibilizadas 100 vagas.

O evento de entrega das documentações exigidas aconteceu no Centro Comunitário da região, destinado às famílias carentes da capital. As cirurgias serão realizadas pela clínica particular Bendita Pata, conveniada à Prefeitura de Cuiabá e sem custos aos donos dos pets que formalizaram os cadastrados. Posteriormente a Pasta entrará em contato com os proprietários dos bichinhos para fazer os agendamentos. A previsão é que os procedimentos tenham início a partir de 31 de março.

Representando a chefe do órgão, a assessora administrativa Clauderize de Oliveira Magalhães explicou que o programa surgiu em virtude das dificuldades enfrentadas por parte dos proprietários dos animais em se deslocar até a unidade de saúde veterinária para ter acesso ao benefício. Desta forma, o projeto foi remodelado seguindo ao encontro da população.

“Criamos esse projeto onde a diretoria vai até a comunidade, atendendo pessoas de baixa renda e distribuindo as guias de castração. Depois, vai até a residência do proprietário, pega o animal, leva até a clínica e devolve no outro dia. Depois disso, fazemos o acompanhamento pós-cirúrgico também. Graças a Deus, a comunidade tem nos recebido muito bem. Sabemos que há uma demanda muito grande e a gestão Emanuel Pinheiro está cumprindo esse compromisso da melhor forma possível”, afirmou.

O transporte até a clínica é de responsabilidade do DBEA, bem como as orientações referentes aos cuidados pós-cirúrgicos. Somente em 2021 foram realizados mais de 700 procedimentos desta natureza.

O morador Ilton Júnior destacou que ficou sabendo da ação por meio de aplicativo de troca de mensagens e imediatamente se mobilizou para garantir a sua vaga. “Assim que soube, já marquei a data e vim. É uma iniciativa muito boa. Tenho três animais para castrar e consegui. Agradeço a Prefeitura pela ajuda”, disse.

A Autônoma, Fátima Ferreira que possui três cachorros resgatados em situação de rua, acredita que a castração é de suma importância para os animais, uma vez ajuda no controle da reprodução. “Quando eu vi no grupo do bairro já pensei em levar minha cadelinha Mel, pois elas procriam muito rápido e não tenho condições de cuidar de todos os filhotes. A melhor coisa que a Prefeitura fez, pois muitos são abandonados pela cidade”, acrescentou.

Desde que foi implementado, o projeto criado pela Gestão Emanuel já promoveu diversos atendimentos. A meta para 2022, é alcançar mais de dez bairros.

A DBEA funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h. Para mais informações, denúncias e solicitações, basta entrar em contato pelo telefone 0800 647 775.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados