Destaque Política

Presidente da AMM se mobiliza para garantir vacinas para os municípios

Cerca de 70 municípios já manifestaram interesse em adquirir vacinas contra a covid-19 para agilizar a imunização da população, por meio da aquisição de mais de 600 mil doses de dois laboratórios.     Para auxiliar os prefeitos, a Associação Mato-grossense dos Municípios está intermediando o contato com as empresas importadoras para verificar a viabilidade …

Cerca de 70 municípios já manifestaram interesse em adquirir vacinas contra a covid-19 para agilizar a imunização da população, por meio da aquisição de mais de 600 mil doses de dois laboratórios.

 

 

Para auxiliar os prefeitos, a Associação Mato-grossense dos Municípios está intermediando o contato com as empresas importadoras para verificar a viabilidade da aquisição dos imunizantes pelas prefeituras.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, adiantou que a instituição está encaminhando para a importadora da vacina russa Sputnik V um documento com a intenção de compra de 40 municípios, que manifestaram interesse por 400 mil doses, por meio de uma carta de intenção de compra. “O documento, que já foi assinado e reconhecido em cartório, viabiliza que a empresa distribuidora internacional elabore uma proposta comercial e apresente as condições de fornecimento do imunizante”, explicou.

A AMM está também providenciando a carta de intenção de outros 30 municípios que estão interessados na aquisição de 224.720 mil doses da vacina da farmacêutica inglesa Astrazeneca. A documentação será encaminhada esta semana à empresa distribuidora do imunizante. A vacinação da população se tornou ainda mais urgente com o agravamento da pandemia em todo o país, que já soma mais de 330 mil mortos pela covid-19, dos quais quase oito mil em Mato Grosso.

Fraga ressaltou, ainda, que os prefeitos estão se empenhando para agilizar a vacinação e aplicar com celeridade as doses já recebidas por meio do Programa Nacional de Imunização. “Os gestores municipais e as equipes de saúde não têm medido esforços para acelerar a vacinação da população, mesmo com as dificuldades para o deslocamento até as comunidades rurais, distritos distantes da sede do município, com estradas bastantes comprometidas pelas chuvas tão comuns nessa época do ano”, assinalou.

Nota conjunta elaborada pelo Conselho dos Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso – Cosems e AMM esclarece que os municípios já receberam 447.960 doses, das quais 406.190 já estão sendo aplicadas, sendo os grupos prioritários contemplados com a 1ª dose, abrangendo uma população de 309.065 (76%), e a 2ª dose 97.125 (23,9%).

Em torno de 42 mil doses da vacina Coronavac estão armazenadas nos municípios e destinadas para garantir a 2º dose da população. O documento esclarece, ainda, que até o momento foram recebidas e distribuídas somente a 1ª dose da vacina Astrazeneca, visto que o prazo recomendado para a 2ª dose é de 12 semanas. Considerando que a 1ª remessa aconteceu em 25 de janeiro, a data agendada para a segunda aplicação é até 25 de abril.

Cerca de 70 municípios já manifestaram interesse em adquirir vacinas contra a covid-19 para agilizar a imunização da população, por meio da aquisição de mais de 600 mil doses de dois laboratórios. Para auxiliar os prefeitos, a Associação Mato-grossense dos Municípios está intermediando o contato com as empresas importadoras para verificar a viabilidade da aquisição dos imunizantes pelas prefeituras.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, adiantou que a instituição está encaminhando para a importadora da vacina russa Sputnik V um documento com a intenção de compra de 40 municípios, que manifestaram interesse por 400 mil doses, por meio de uma carta de intenção de compra. “O documento, que já foi assinado e reconhecido em cartório, viabiliza que a empresa distribuidora internacional elabore uma proposta comercial e apresente as condições de fornecimento do imunizante”, explicou.

A AMM está também providenciando a carta de intenção de outros 30 municípios que estão interessados na aquisição de 224.720 mil doses da vacina da farmacêutica inglesa Astrazeneca. A documentação será encaminhada esta semana à empresa distribuidora do imunizante. A vacinação da população se tornou ainda mais urgente com o agravamento da pandemia em todo o país, que já soma mais de 330 mil mortos pela covid-19, dos quais quase oito mil em Mato Grosso.

Fraga ressaltou, ainda, que os prefeitos estão se empenhando para agilizar a vacinação e aplicar com celeridade as doses já recebidas por meio do Programa Nacional de Imunização. “Os gestores municipais e as equipes de saúde não têm medido esforços para acelerar a vacinação da população, mesmo com as dificuldades para o deslocamento até as comunidades rurais, distritos distantes da sede do município, com estradas bastantes comprometidas pelas chuvas tão comuns nessa época do ano”, assinalou.

Nota conjunta elaborada pelo Conselho dos Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso – Cosems e AMM esclarece que os municípios já receberam 447.960 doses, das quais 406.190 já estão sendo aplicadas, sendo os grupos prioritários contemplados com a 1ª dose, abrangendo uma população de 309.065 (76%), e a 2ª dose 97.125 (23,9%).

Em torno de 42 mil doses da vacina Coronavac estão armazenadas nos municípios e destinadas para garantir a 2º dose da população. O documento esclarece, ainda, que até o momento foram recebidas e distribuídas somente a 1ª dose da vacina Astrazeneca, visto que o prazo recomendado para a 2ª dose é de 12 semanas. Considerando que a 1ª remessa aconteceu em 25 de janeiro, a data agendada para a segunda aplicação é até 25 de abril.

 

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados