Destaque Noticias

Prefeitura homenageia classe de cozinheiros em gesto de apoio a regulamentação da profissão

A Prefeitura de Cuiabá é o primeiro município do Brasil a realizar o reconhecimento a classe de profissionais.

 

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer homenageia os cozinheiros da capital em gesto de apoio a luta da classe pela regulamentação da profissão. A Prefeitura de Cuiabá é o primeiro município do Brasil a realizar o reconhecimento a classe de profissionais. A cerimônia será realizada no dia 11 de junho, na sede da Secretaria de Cultura, apenas para convidados, em razão da pandemia da COVID-19, respeitando todas as medidas de biossegurança e também será transmitida via redes sociais da Pasta.

 

“É preciso valorizar os profissionais que se dedicam a alimentar com qualidade, com amor, com respeito. É preciso dar dignidade a esses trabalhadores que lutam por mais reconhecimento em sua profissão e que contribuem ativamente para a economia. Principalmente na pandemia, negócios relacionados a alimentação, a profissão de cozinheiro foram a saída para muitas famílias em situação ode dificuldades financeiras. Precisamos lutar pela regulamentação e pelo capacitação desses profissionais”, disse o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro.

 

A cerimônia vai homenagear cerca de 100 prossionais cozinheiros de Cuiabá, de merendeiras a chefes de restaurantes renomados com medalhas por suas atuações. A secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Rabello Leite Jacob se reuniu com representantes do segmento na última sexta-feira (21) e enfatizou a importância da categoria para o fomento a cultura, a geração de emprego e renda e o resgate da cuiabania, que tem suas raízes tão bem fundadas na culinária.

“Por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro é que trabalhamos em conjunto com a categoria para reconhecer essa profissão tão importante para a cadeia produtiva da cultura e do turismo. Como parte de uma gestão humanizada, a Secretaria premia essa classe tão dedicada e trabalha para cada vez mais abrir mercado para a culinária cuiabana”, disse Carlina.

O evento será uma oportunidade para que estudantes e chefes de cozinha se conheçam e troquem experiências. “É importante conhecer as pessoas que te inspiram, saber como foi a trajetória delas, como fizeram para chegar onde estão, trocar experiências para construir seu próprio caminho”, disse o presidente da Associação Chefes de Cozinha de Mato Grosso (ACC/MT), Fabio Cruz, que tem como principal bandeira a regulamentação da profissão para estabelecimento de melhores condições de trabalho, como definição de piso salarial e criação de um conselho regional.

O professor de gastronomia, João Carlos Caldeira, responsável por trazer chefes renomados a Cuiabá, como Helena Rizzo, reforçou como é importante valorizar os profissionais cozinheiros. “É preciso fortalecer a classe, pois dentre tantos motivos eles são responsáveis pelos momentos mais gostosos da vida, que são os vividos a mesa com a família, com os amigos, com quem a gente gosta”.

O chefe de cozinha Francisco Coria também comentou sobre a vocação na cozinha e como ela pode transformar vidas e receber o reconhecimento é o combustível para continuar esse trabalho de levar alimento para o espírito. “Comida que alimenta o espírito. Gosto sempre de lembrar do que diz Michael Pollan de que se queremos juntar uma comunidade devemos compartilhar conhecimento, devemos compartilhar comida. Esse é poder da culinária”, disse o chefe argentino, mas que hoje representa Mato Grosso nacional e internacionalmente, tendo conquistado o Prêmio Dólmã 2020, considerado o Oscar da gastronomia brasileira.

O vereador Cezinha Nascimento também tem apoiado a classe e foi o responsável pelo Projeto de Lei (PL) municipal que institui o dia 10 de maio como Dia do Cozinheiro, que aguarda sanção do prefeito Emanuel Pinheiro.

“Abraçamos a causa com boa vontade, estamos com três projetos encaminhados e vamos continuar trabalhando para que a regulamentação da profissão aconteça, valorizando não somente os chefes de cozinha renomados, mas também garantindo a dignidade daqueles profissionais, por exemplo, que cuidam da alimentação nas nossas escolas, das nossas crianças”, disse o vereador.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados