Destaque

Prefeitura entrega Estação Bispo e Chafariz do Mundéu

Praça Bispo Dom José recebe obras importantes para sua revitalização. O espaço promoverá um encontro com o passado, o presente e o futuro.  Por: Alessandra Barbosa O prefeito Emanuel Pinheiro entregou a população Cuiabana nesta terça-feira (17) a Estação Bispo Dom José, na Avenida Tenente Coronel Duarte (Prainha) e o Chafariz do Mundéu. Ambas iniciadas …

Praça Bispo Dom José recebe obras importantes para sua revitalização. O espaço promoverá um encontro com o passado, o presente e o futuro. 

Por: Alessandra Barbosa

O prefeito Emanuel Pinheiro entregou a população Cuiabana nesta terça-feira (17) a Estação Bispo Dom José, na Avenida Tenente Coronel Duarte (Prainha) e o Chafariz do Mundéu. Ambas iniciadas em agosto deste ano, inclui a revitalização da Praça Bispo Dom José e obedece aos mesmos critérios de segurança, conforto e sustentabilidade das estações Alencastro e Ipiranga.

Na ocasião, o prefeito destacou que a Estação, criada a partir de containers, é climatizada e conta com energia solar, espaço para carregar celulares, Wi-Fi, mais acentos para acomodar os usuários e televisão com estimativa de chegada de ônibus. “Demonstramos respeito ao cidadão, que antes estava exposto à chuva e ao sol.”

A edificação é dividida em dois módulos climatizados de 90m², com metragem total de 335,95 m², por onde circularão mais de 12 mil passageiros por dia. Os módulos A e B atenderão 32 linhas de ônibus com destino às regiões do CPA e do Coxipó, respectivamente.

Com relação à Praça, ele lembrou a importância histórica do espaço, que abriga um importante símbolo da cuiabania, o Chafariz do Mundéu. “A inauguração coroa este local como um símbolo de conforto e respeito à tradição. Por isso, o chafariz do Mundéu foi restaurado conforme seu traçado original.”

A construção do chafariz do Mundéu teve inicio em 1871 e recebeu o nome do tradicional bairro onde fica localizado. O Chafariz foi construído para serventia pública, por ordem do presidente da província Dr. Francisco José Cardoso Júnior e, era alimentado por um aqueduto que para ele canalizava a água de um reservatório que nasce nas cercanias da Santa Casa de Misericórdia captava os filete das nascentes do Córrego “Maranhão”, constituindo assim umas das mais antigas fontes de abastecimento de água da capital. Até 1910 o Chafariz forneceu água à população do bairro e a do centro da cidade.

Segundo o secretário municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, a revitalização do monumento faz parte do complemento das ações destinada a praça.

“A restauração do Chafariz do Mundéu, demonstra a importância histórica que ele representa para nossa capital e o respeito com que o prefeito Emanuel Pinheiro trata o nosso patrimônio histórico. A obra preservou as suas características originais de pouco mais de um século, prestando uma homenagem ao povo cuiabano e aos 300 anos de Cuiabá, complementados pela novíssima Estação Bispo. Ou seja, é um encontro do passado com os dias atuais”, ressaltou.

Esta obra faz parte de um de um conjunto de três obras; Chafariz do Mundéu, a estátua da Maria Taquara, que fica na praça que recebe o mesmo nome, e do Obelisco, localizado no Porto.

Para os comerciantes e transeuntes do local, a inauguração deu uma nova vida à região. Tornando o ambiente mais limpo e agradável. “Agora da até gosto de passar por aqui. A gente tem a lembrança de um passado que foi importante pra nossa cidade, além de podermos pegar nosso ônibus com mais conforto e dignidade”, contemplou José Carlos de Assunção, trabalhador das imediações.

A partir de hoje as linhas atendidas pelo módulo A serão: 107, 206, 213, 301, 308, 309, 310, 313, 314, 319, 323, 340, 390 e 404. Já as atendidas pelo módulo B serão: 103, 103b, 501, 507, 508, 517, 525, 530, 540, 607, 607, 609, 613, 615, 706, 711, 720 e 730. No local, agentes da Semob orientam os passageiros sobre os itinerários.

 

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados