Destaque Noticias Política

Prefeitura convoca população para audiência pública sobre Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Cuiabá

NAIARA LEONOR

A Prefeitura de Cuiabá, por meio do Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (IPDU), convoca a sociedade civil e organizada para a audiência pública para tratar sobre a revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Cuiabá, que será realizada no dia 05 de agosto, às 18h, no Cine Teatro Cuiabá. Para participar, basta preencher o formulário AQUI. O evento será transmitido via redes sociais da Prefeitura de Cuiabá.

“Estamos cumprindo todos os ritos e prazos, com transparência pública nessa revisão do Plano Diretor de Cuiabá, que vai nos direcionar para o futuro, para uma cidade mais sustentável, melhor planejada e que poderemos direcionar melhor os recursos públicos para melhorar a qualidade de vida da população”, disse o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro.

Cerca de 54 audiências públicas foram realizadas para ouvir as demandas da população, suas sugestões para a Cuiabá do futuro. Agora, o poder público, com auxílio da empresa Tese Tecnologia Arquitetura e Cultura, concatenam as ações possíveis de serem implementadas em documento que deverá ser aprovado e utilizado como guia para políticas públicas a serem executadas nos próximos 10 anos.

O Plano Diretor é o instrumento que determina todas as diretrizes vinculadas ao desenvolvimento em longo prazo do município. Para garantir o desenvolvimento ordenado da Capital, a partir das demandas sócio estruturais sinalizadas por todos os atores envolvidos, a Prefeitura de Cuiabá está revisando o Plano Diretor, tomando como base as versões lançadas em 1992 e 2007. A partir da versão revisada, será possível monitorar e direcionar as políticas públicas executadas no município.

“Com auxílio da empresa contratada, estamos organizando todo o material recolhida nas audiências públicas para apresentar a sociedade e termos o retorno desse material levantado sobre o que a cidade precisa, o que os cuiabanos desejam para o futuro”, explicou o superintendente do IPDU, Marcio Puga.

O processo de revisão foi iniciado em 2018 e dividido em quatro fases: diagnóstico, prognóstico, legalização e execução. A fase de diagnóstico compreendeu as cerca de 54 audiências públicas, realizadas em todas as regiões e distritos da capital de Mato Grosso, onde técnicos do IPDU se debruçaram em compreender as demandas da população para então passar para a próxima fase, a de prognóstico.

Na segunda fase, que é a que o processo de revisão do Plano Diretor se encontra, o objetivo é concatenar as sugestões da população para definir as propostas de planejamento urbano para o futuro, definindo o que é possível de se colocar em práticas, as políticas públicas viáveis para os próximos 10 anos.

Com o documento pronto, a terceira fase se apresenta como o caminho para aprovação das decisões pela Câmara Municipal e por fim, a quarta fase, que é a de execução do Plano, que vai se desenvolver durante os próximos dez anos, período de aplicação e validade do Plano Diretor.

“O Plano Diretor é a principal lei de desenvolvimento municipal, é dele que derivam todas as outras políticas municipais de caráter urbanístico, ele é importante para definir questões estratégicas de planejamento urbano e estamos fazendo a revisão garantindo que a população seja ouvida, dê sua opinião e colabore na construção das políticas que vão transformar a Cuiabá de agora em uma versão ainda melhor no futuro”, pontuou o diretor técnico do Plano Diretor, Lauro Carneiro.

A assinatura do contrato com a empresa Tese Tecnologia Arquitetura e Cultura, especialista em desenvolvimento de planos diretores, projetos sociais, de mobilidade e afins, vencedora da licitação para continuidade da revisão do Plano Diretor do município de Cuiabá aconteceu no dia 09 de março de 2021 e contou com a presença do arquiteto Wilson Fernando de Andrade, representando a instituição que tem sua sede em Curitiba, Paraná.

Fonte: Prefeitura Municipal de Cuiabá

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados