Destaque

Prefeito debate com coordenadores de UPAs e Policlínicas melhorias nos atendimentos durante a pandemia

O fortalecimento dos atendimentos da Atenção Básica e Kit Covid também foram assuntos da reunião   Na quarta-feira (09), o prefeito Emanuel Pinheiro reuniu-se com todos os coordenadores de UPAs e Policlínicas e com o diretor da Atenção Secundária, Alan Borges, para debater sobre os atendimentos nas unidades diante da situação de pandemia. Também participaram …

O fortalecimento dos atendimentos da Atenção Básica e Kit Covid também foram assuntos da reunião

 

Na quarta-feira (09), o prefeito Emanuel Pinheiro reuniu-se com todos os coordenadores de UPAs e Policlínicas e com o diretor da Atenção Secundária, Alan Borges, para debater sobre os atendimentos nas unidades diante da situação de pandemia. Também participaram da reunião o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho, além dos secretários adjuntos Luiz Gustavo Palma, João Henrique Paiva, e Milton Corrêa da Costa.

Os coordenadores das unidades de Atenção Secundária expuseram as dificuldades que têm enfrentado devido à enorme quantidade de pacientes que tem procurado as UPAs e Policlínicas com sintomas de COVID-19.

“O nosso maior problema atualmente é em relação aos profissionais que atendem na linha de frente. Temos muitos médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem ficando doentes com COVID-19 também. Isso faz com que fiquem afastados no mínimo por 14 dias. E por sermos a porta de entrada de atendimento aos pacientes infectados com coronavírus, acabamos tendo um número reduzido de profissionais atendendo um grande número de pessoas”, comentou o diretor da Secundária.

A Secretaria Municipal de Saúde tem chamado os aprovados no processo seletivo para completar o quadro de profissionais, mas, no caso dos médicos, todos os classificados já foram convocados. Neste momento, a Secretaria realiza contratação direta de médicos. Ainda assim, devido à grande demanda por estes profissionais em todo o Estado, não está conseguindo suprir a demanda.

Uma sugestão discutida como tentativa de desafogar a Atenção Secundária, é o fortalecimento da Atenção Básica, direcionando os pacientes para PSFs, UBS e Centros de Saúde para que sejam atendidos logo no início dos sintomas. Para estes pacientes, serão disponibilizados o Kit Covid, que será composto pelos medicamentos Azitromicina, Ivermectina e um analgésico/antitérmico.

“Apesar de não existirem estudos que garantam a real eficiência destes medicamentos no combate ao novo coronavírus, foram observados resultados positivos em várias localidades onde os medicamentos foram implantados precocemente. Por ser uma doença nova, muito pouco se conhece sobre ela, então adotaremos este protocolo como uma tentativa de evitar que a doença evolua no paciente, evitando que ele precise de atendimento em UPAs e Policlínicas e até mesmo nas unidades que tratam de casos mais complicados”, explicou o secretário adjunto, Luiz Gustavo Palma.

Para o prefeito, a reunião foi bastante proveitosa, pois foi apresentado um panorama real dos atendimentos da Secundária em Cuiabá. “Fiz questão de ouvir os coordenadores das UPAs e Policlínicas, pois são as pessoas que sabem exatamente os gargalos de cada unidade. A partir do que foi apresentado nesta reunião, estamos providenciando a resolução dos problemas na medida do possível para que possamos atender nossa população da melhor maneira possível”, concluiu Pinheiro.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados