Destaque Judiciário

Policia Federal prende associação criminosa dedicada ao tráfico com aproximadamente 06 toneladas de drogas em área rural

A prisão dos envolvidos e apreensão da droga é mais uma ação da Polícia Federal que segue atenta na repressão desse tipo de criminalidade no Vale do Araguaia e região.     Policiais Federais da Delegacia de Barra do Garças, Uberlândia e Ponta Porã, após diligências iniciadas a partir de uma denúncia anônima nesta terça …

A prisão dos envolvidos e apreensão da droga é mais uma ação da Polícia Federal que segue atenta na repressão desse tipo de criminalidade no Vale do Araguaia e região.

 

 

Policiais Federais da Delegacia de Barra do Garças, Uberlândia e Ponta Porã, após diligências iniciadas a partir de uma denúncia anônima nesta terça feira (08/09), prenderam em flagrante 04 (quatro) homens transportando 5,650 kg (cinco mil seiscentos e cinquenta quilos) de maconha.

Durante a ação policial foi localizado um caminhão com dois ocupantes que possuíam CRLV´s de veículos alheios e peças para reparo de um Ford Cargo, encontrado posteriormente carregado com seis toneladas de maconha e com outro sujeito responsável por seus cuidados.

O veículo encontrava-se parado em razão dos problemas mecânicos (parafusos das rodas quebrados) ocasionados pelo excesso de carga (drogas).

O quarto preso foi abordado numa Fiat Strada e fazia o papel de “batedor”, deslocando-se para comunicação e alerta do restante do grupo. Todos os envolvidos na empreitada criminosa estavam comprovadamente vinculados através de pertences pessoais, contatos telefônicos, rádios transmissores e também pelo reparo do caminhão, motivo pelo qual foram conduzidos para a Delegacia de Ponta Porã/MS e autuados em flagrante delito por tráfico, associação para o tráfico e uso de rádio sem autorização legal.

A prisão dos envolvidos e apreensão da droga é mais uma ação da Polícia Federal que segue atenta na repressão desse tipo de criminalidade no Vale do Araguaia e região.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados