Destaque Judiciário

Operação nacional cumpre mandado em MT e homem é preso em flagrante com conteúdo de pornografia infantil

A operação cumpre 137 mandados de busca e apreensão em dez estados – Alagoas, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.   Polícia Civil de Mato Grosso integra a sétima fase da Operação Luz da Infância, deflagrada nesta sexta-feira (06) pelo Ministério da Justiça …

A operação cumpre 137 mandados de busca e apreensão em dez estados – Alagoas, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

 

Polícia Civil de Mato Grosso integra a sétima fase da Operação Luz da Infância, deflagrada nesta sexta-feira (06) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, em diversos estados do País e também no exterior, com objetivo de identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, praticados por meio da internet.

Em Mato Grosso, a Polícia Civil de Poxoréu (251 km ao sul de Cuiabá) cumpriu um mandado de busca e apreensão domiciliar e prendeu em flagrante um homem de 58 anos  pelo crime de exploração sexual infantil pela internet (Pedofilia Digital).

De acordo com o delegado de Poxoréu, Rafael Fossari, na casa do suspeitos a Polícia Civil apreendeu um computador com diversos vídeos contendo imagens de crianças em cenas eróticas e praticando sexo.

A operação cumpre 137 mandados de busca e apreensão em dez estados – Alagoas, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Há também cumprimentos de 52  mandados judiciais da Operação Luz da Infância na Argentina, Estados Unidos, Panamá e Paraguai.

No Brasil, a legislação prevê pena que varia de um a quatro anos para quem armazena esse tipo de conteúdo. O compartilhamento de materiais desse tipo pode resultar em penas de três a seis anos e, no caso de produção de conteúdo relacionado a crimes de exploração sexual, a pena varia de quatro a oito anos de prisão.

Fase 6 da Operação 

Em fevereiro deste ano, ocorreu a sexta fase da Operação Luz da Infância e um homem foi preso em flagrante na cidade de Sorriso pelos crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. O mandado de busca e apreensão domiciliar decretado pela Comarca de Sorriso foi cumprido após investigações da Polícia Civil, com objetivo de identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual infantil, praticados por meio da internet. No endereço alvo da ordem judicial, os policiais civis apreenderam um aparelho de notebook, contendo arquivos com imagens de pornográfica envolvendo crianças. Diante dos fatos, o suspeito foi detido em flagrante.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados