Destaque Economia

Novo decreto municipal fecha o comércio até o dia 21 e órgãos públicos até 10 de maio

Emanuel Pinheiro, também, estuda adortar sistema de rodízio de veículos e toque de recolher, dependendo do relatório técnico do grupo de fiscalização unificada.    O prefeito Emanuel Pinheiro publicou novo decreto na manhã deste sábado (04) de novas medidas emergenciais e temporárias, visando a prevenção e enfrentamento da propagação decorrente do Novo Coronavírus (COVID-19). Para …

Emanuel Pinheiro, também, estuda adortar sistema de rodízio de veículos e toque de recolher, dependendo do relatório técnico do grupo de fiscalização unificada. 

 

O prefeito Emanuel Pinheiro publicou novo decreto na manhã deste sábado (04) de novas medidas emergenciais e temporárias, visando a prevenção e enfrentamento da propagação decorrente do Novo Coronavírus (COVID-19).

Para evitar a propagação da pandemia decorrente do Novo Coronavírus (COVID-19) no âmbito desta capital, o Município de Cuiabá, por meio de seus órgãos e entidades, atuará de forma interligada com os demais órgãos competentes nas esferas estadual e federal, bem como organismos internacionais que estão atuando no combate ao referido vírus.

Fica determinado que no período de 06 de abril de 2020 a 10 de maio de 2020 ficarão suspensas as atividades escolares ministradas nas escolas públicas municipais, também recomendo às escolas privadas da Capital.

No comércio fica estabelecido o fechamento total até 21 de abril, inclusive shoppings centers, restaurantes, bares, lanchonetes e congêneres, templos, igrejas, academias, clubes e similares e feiras livres e exposições em geral. Salvo farmácias e supermercados.

Continua proibido a realização de eventos, de qualquer natureza, inclusive os esportivos, religiosos e culturais, que eventualmente ensejem aglomeração de pessoas.

Entre as novas medidas, o prefeito disse que poderá adotar rodízio de veículos e toque de recolher dependendo do relatório técnico do grupo de fiscalização unificada. A decisão será condicionada à análise no decorrer da semana após a publicação do Diário Oficial.

“Criamos este grupo com equipes de várias secretarias que farão as fiscalizações em todo o município. Eles me entregarão um relatório semanal, e dependendo do resultado deste relatório vou decidir se será necessário adotar essas medidas. Não é o meu desejo, mas se for preciso nós vamos aderir, para evitar a propagação do vírus”.

O prefeito revela que de acordo com estudos técnicos do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus, os resultados dos primeiro 15 dias das medidas implementadas de isolamento social foram positivas.

“A curva de proliferação do vírus em Cuiabá ficou abaixo da curva nacional com a implementação das medidas com antecedência. Nossos resultados só não foram ainda melhores porque nos últimos cinco dias houve um relaxamento da população em relação às medidas.

“Precisamos da colaboração de todos para que consigamos superar essa tempestade. A queda do avanço desse vírus depende do apoio da população. As medidas restritivas são necessárias, e se as seguirmos corretamente, conseguiremos voltar à normalidade em menor tempo possível.

Transporte Coletivo

Permanece a manutenção de até 30% (trinta por cento) da frota de veículos utilizados no transporte público coletivo municipal, no período de 06 de abril de 2020 à 10 de maio de 2020, da seguinte forma:

10% (dez por cento) para uso exclusivo dos profissionais da rede pública e privada de saúde, devidamente identificados; E, 20% (vinte por cento) para usuários que exercem, comprovadamente, atividades consideradas essenciais.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados