Destaque Noticias Política

Jornal Oficial da AMM gera economia de R$ 4,7 milhões para as prefeituras de Mato Grosso

O Jornal Oficial da Associação Mato-grossense dos Municípios gerou uma economia de R$ 4.782.811,38 milhões para as prefeituras filiadas à instituição, durante todo o mês de maio de 2021. A publicação é um dos principais serviços oferecidos pela AMM.

O presidente da entidade, Neurilan Fraga, destaca que  as  publicações contribuem para o processo de transparência dos atos municipais e proporcionam mensalmente uma economia significativa para as prefeituras e demais segmentos que utilizam o Jornal Oficial. “A nossa prioridade é oferecer a prestação de serviço de qualidade a todos os municípios”, disse ele, além da economia, as prefeituras tem a  praticidade e a legalidade com a ferramenta utilizada.

São divulgados diariamente sem custos adicionais os atos oficiais como: decretos, portarias, leis, balanços, editais, extratos de contrato, resultados de licitação, entre outros documentos. As Câmaras Municipais e os Consórcios de Saúde e os Consórcios de Desenvolvimento Econômico Social e Ambiental também utilizam a plataforma.

O responsável pelo jornal Oficial, Noides Cênio, explica que a  inserção de conteúdo no sistema é feita por servidores municipais habilitados que possuem login e senha para acessar o sistema. A medida garante maior autonomia aos municípios, além do controle integral sobre o conteúdo divulgado. O Jornal Oficial  pode ser acessado através de um no site da instituição (https://diariomunicipal.org/mt/amm/).

O Jornal Oficial foi lançado em 2006 pela AMM.  A publicação era inicialmente disponibilizada apenas de forma impressa. Após cinco, para atender a demanda e modernizar os serviços, a instituição lançou a versão eletrônica, garantindo mais agilidade e segurança no sistema. Todas as publicações são acompanhadas por um certificado digital.

As medidas ampliaram, gradativamente a adesão das prefeituras. Para utilizar a plataforma, a prefeitura precisa ser filiada à instituição e aprovar na Câmara uma lei, reconhecendo o jornal como veículo oficial de publicação dos atos municipais. Atualmente, quase todas as prefeituras utilizam o serviço oferecido pela Associação Mato-grossense dos Municípios.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados