Geral Noticias Política

Hospital Referência é selecionado para projeto de reabilitação pós-Covid-19, do Hospital Sírio Libanês

CELLY SILVA

O Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC), que desde o ano passado funciona como Hospital Referência à Covid-19, é um dos 15 hospitais públicos e filantrópicos do país selecionados para participar do projeto “Reabilitação Pós-Covid-19”, elaborado pelo Hospital Sírio-Libanês, dentro do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), do Ministério da Saúde, com o apoio do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (CONASS) e do Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS).

O médico e diretor técnico do Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, Itamar Almeida, apresentou resultados das ações realizadas na unidade durante o pico da pandemia, no II Workshop Reab Pós-Covid-19, realizado no último dia 23, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo (SP), ocasião em que foi lançada uma nova etapa do projeto Reabilitação Covid-19, com a presença de executivos do Ministério da Saúde, do Hospital Sírio-Libanês e dos hospitais selecionados. A instituição de saúde cuiabana foi a única do Centro-Oeste a apresentar seu plano de trabalho de enfrentamento à pandemia no workshop.

De acordo com Itamar Almeida, os representantes do Ministério da Saúde e do hospital que coordena os trabalhos virão a Cuiabá, na próxima semana, para fazer a visita diagnóstica do Hospital Referência à Covid-19 para, a partir disso, elaborar o planejamento de ações junto à equipe local. “Serão seis visitas presenciais e nove reuniões remotas entre as equipes dos dois hospitais. Vai ser algo bem interessante para toda a população cuiabana e mato-grossense porque vai melhorar muito o nosso atendimento”, afirma.

Para o prefeito Emanuel Pinheiro, a seleção do HPSMC representa o reconhecimento do trabalho de enfrentamento ao coronavírus que vem sendo feito desde o início da pandemia, em Cuiabá. “O Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá tem sido um ponto estratégico no atendimento aos pacientes com Covid-19 pois, em todos os momentos de pico da doença em Mato Grosso, recebemos e tratamos pessoas oriundas de todo o estado, sempre oferecendo um tratamento de qualidade e humanizado. E agora, a unidade torna-se referência e ganha reconhecimento nacional, levando toda a gama de experiências adquiridas na pandemia e os resultados positivos no combate à Covid-19 a outros hospitais do Brasil”, comenta.

O projeto “Reabilitação Pós-Covid-19”

Em geral, quem acaba de se recuperar da infecção pelo novo coronavírus apresenta um quadro clínico que exige reabilitação, com cuidados de uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos e assistentes sociais. Diante dessa necessidade, o projeto Reabilitação pós-covid-19 será responsável pela implementação de Leitos de Cuidados Prolongados/Reabilitação e, dentre os objetivos estão: melhoria do fator de utilização dos leitos crônicos, redução do tempo médio de permanência dos pacientes críticos crônicos pós-COVID-19, capacitação das equipes e Plano de Alta Segura.

O projeto utiliza a metodologia Lean, a mesma da iniciativa de gestão “Lean nas Emergências” do Sírio-Libanês, o que permite promover a retomada segura das atividades hospitalares eletivas anteriores à pandemia, dependendo da dinâmica da doença nas regiões do Brasil, além de uma maior organização e otimização dos serviços hospitalares, diminuição de desperdícios, melhoria do giro de leitos e estabelecimento de uma nova linha de cuidado entre os hospitais e a Atenção Primária à Saúde. Estes pontos são fundamentais para fortalecer o cuidado integral do paciente em reabilitação.

O projeto Reabilitação pós-covid-19 é realizado pelo Hospital Sírio-Libanês, em parceria com o Ministério da Saúde, e com o apoio do CONASS (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde) e CONASEMS (Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde).

Fonte: Prefeitura Municipal de Cuiabá

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados