Destaque

Governo de MT transfere R$ 30,9 milhões para custeio de UTI’s Covid-19 e antecipa repasses de março

Foram realizados também os pagamentos referentes às competências de dezembro de 2020 e janeiro a março de 2021     O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde, transferiu R$ 30.945.600,00 milhões para o custeio de leitos de UTI’s Covid-19 pactuados com 13 municípios do Estado. O repasse foi publicado na …

Foram realizados também os pagamentos referentes às competências de dezembro de 2020 e janeiro a março de 2021

 

 

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde, transferiu R$ 30.945.600,00 milhões para o custeio de leitos de UTI’s Covid-19 pactuados com 13 municípios do Estado. O repasse foi publicado na Portaria N° 163/2021, que circulou nesta segunda-feira (29.03), no Diário Oficial do Estado.

O pagamento corresponde ao cofinanciamento estadual de mais de 380 leitos intensivos. O repasse é referente às competências de dezembro de 2020, janeiro, fevereiro e março de 2021.

“O Estado não tinha UTIs exclusivas para a Covid-19 no início de março de 2020. Pouco mais de um ano depois, contamos com 547 leitos intensivos, entre os estaduais e municipais, pactuados para tratar a doença. O pagamento desses leitos é imprescindível para manutenção dos atendimentos nos municípios de Mato Grosso. O trabalho para abrirmos novos leitos continua”, diz o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Do total transferido, R$ 17.632.000,00 milhões foram repassados ao Fundo Municipal de Saúde de Cuiabá que disponibiliza leitos de UTI para o tratamento da Covid-19 no Pronto Socorro Municipal e nos Hospitais São Benedito e Universitário Júlio Muller. O valor pago é referente às competências de janeiro, fevereiro e março deste ano.

Também receberam repasses referente ao cofinancimento estadual de UTI Covid os municípios de Barra do Garças (R$ 1.914.000,00), Alta Floresta (R$ 1.853.600,00), Nova Mutum (R$ 1.810.000,00), Pontes e Lacerda (R$ 1.800.000,00), Primavera do Leste (R$ 1.668.000,00), Campo Verde (R$ 1.136.000,00), Lucas do Rio Verde (R$ 740.000,00), Água Boa (R$ 620.000,00), Peixoto de Azevedo (R$620.000,00), Rondonópolis (R$ 472.000,00), Juína (R$ 360.000,00) e Várzea Grande (R$ 320.000,00).

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados