Destaque Economia

Gestão da Câmara de Cuiabá recebe do Ministério da Economia liberação para realizar pregão eletrônico

A Câmara Municipal de Cuiabá obteve da Secretaria de Gestão do Ministério da Economia do Governo Federal, a liberação de acesso ao Sistema Integrado de Administração de Serviços Gerais – SIASG, SIASGnet e Portal de Compras Governamentais, que permitirá dentre outras coisas, a realização de pregão eletrônico nos processos de compra do Parlamento Municipal. A …

A Câmara Municipal de Cuiabá obteve da Secretaria de Gestão do Ministério da Economia do Governo Federal, a liberação de acesso ao Sistema Integrado de Administração de Serviços Gerais – SIASG, SIASGnet e Portal de Compras Governamentais, que permitirá dentre outras coisas, a realização de pregão eletrônico nos processos de compra do Parlamento Municipal.
A Mesa Diretora encaminhou a solicitação de acesso ao Portal de Compras do Ministério da Economia em 05 de fevereiro deste ano e recebeu a permissão no dia 13 deste mesmo mês.
De acordo com o servidor Marcelo Neves, Coordenador de Licitação, Compras e Contratos do Legislativo, esse sistema garantirá ainda mais economicidade nos processos de aquisição de bens e serviços. No ano passado, apenas com o trabalho desenvolvidos pelo Parlamento, a economia girou em torno de 50 e 60% do valor orçado.
“No ano passado nos preparamos para adotar esse sistema, após avaliarmos todas as opções existentes. Nossa equipe participou de capacitações e treinamentos específicos para uso do Comprasnet no ano de 2020”, afirmou o coordenador.
Para o Secretário de Gestão Administrativa, Paulo Nascimento, o portal de compras será de suma importância para o setor de licitação, pois também disponibiliza termos de referências para processos licitatórios, cotação eletrônica de preços, atas de registro de preços para adesão, cadastro de fornecedores habilitados, dentre outros benefícios.
O presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Misael Galvão (PTB), afirmou que a atual gestão vem envidando esforços para aperfeiçoar os serviços prestados pelo parlamento, buscando ainda economicidade e transparência dos seus atos administrativos.
“O Comprasnet será mais uma ferramenta que permitirá nossos avanços na gestão, pois além da economia também facilitará o acompanhamento simultâneo dos respectivos processos de aquisição através dos órgãos de auditoria e controle externo, como Tribunal de Contas e Ministério Público”, declarou Misael.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados