Destaque Variedades

Festrilha 2020 Edição Online termina neste fim de semana

A edição especial é realizada no formato de mostra, com um número menor de quadrilhas, e sem caráter competitivo     Com a pandemia da Covid-19 muitos eventos populares e tradicionais em Mato Grosso foram cancelados no ano passado. É o caso do maior evento junino mato-grossense, que em 2021, entrou para o campo digital. …

A edição especial é realizada no formato de mostra, com um número menor de quadrilhas, e sem caráter competitivo

 

 

Com a pandemia da Covid-19 muitos eventos populares e tradicionais em Mato Grosso foram cancelados no ano passado. É o caso do maior evento junino mato-grossense, que em 2021, entrou para o campo digital. O VI Festival de Quadrilhas Juninas – Festrilha 2020 Edição Online é realizado no formato de mostra, com um número menor de quadrilhas, e sem caráter competitivo.

O Festrilha é uma iniciativa da Federação Mato-grossense de Quadrilhas (FMTQ) e foi contemplado no Edital Circuito Mostras e Festivais, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

De acordo com a presidente da FMTQ, Marta Negrão, os recursos do edital possibilitaram a realização do evento e manter a tradição viva. “Em 2020 vimos nossos brincantes silenciaram e cessaram os preparativos por conta da pandemia que se instalou. Já não tínhamos mais esperança de conseguir realizar o evento, quando fomos surpreendidos pelos Editais da Secel. Esses editais vieram reacender a chama de uma paixão sufocada”.

Para participar do evento, os grupos de quadrilha junina se inscreveram em edital realizado pela federação e produziram pequenos vídeos para serem apresentados no canal de Youtube da FMTQ . Foram selecionadas 20 quadrilhas e destinado o recurso de R$ 9.000,00 (nove mil reais) cada uma, para custearem suas despesas anteriores e se organizarem para a próxima temporada.

A edição online teve início no dia 19 de março com a apresentação dos grupos: Lumiar da Paixão (Ribeirão Cascalheira), Junina A.M.U (Cáceres), Caipiras de Plantão (Tangará da Serra), Coração Caipira (Porto Alegre do Norte) e Exposão Luverdense (Lucas do Rio Verde). No dia 20 se apresentaram: Império Junino (Rondonópolis), Simpatia Junina (Lucas do Rio Verde), Caipiras Unidos (Rondonópolis) campeã de 2019, Os de Fora (Tangará da Serra), Balancê do Cerrado (Nova Xavantina).

A FMTQ preparou diversos prêmios para os dois últimos dias do evento, que ocorrem nesta sexta-feira (26.03) e sábado (27.03). “Para as últimas lives nós preparamos prêmios para encerrarmos o evento em grande estilo, como é de gosto da FMTQ”, destaca a presidente da federação Marta Negrão.

Nesta sexta-feira (26.03), às 20h, o público poderá assistir as apresentações dos Caipiras do Araguaia (Confresa), Beija Flor (Confresa), Pirilampos do Vale (Água Boa), Fogo na Saia (Barão de Melgaço) e Flor do Araguaia (Araguaiana).

No sábado (27.03), a partir das 20h, se apresentam Abalantes do Sertão (Barra do Garças), Jóias do Cerrado (Sorriso), Amor Caipira (Alto Boa Vista), Flor do Sertão (Porto Alegre do Norte) e Brilho Junino (Barra do Garças).

 

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados