Destaque

Empresas de ônibus começam a oferecer cortinas de proteção para seus motoristas

A proteção será instalada de forma gradativa e a previsão é de que até o fim de semana toda a frota esteja com a barreira física instalada.     Quatro empresas que operam no sistema do transporte coletivo de Cuiabá e Várzea Grande começaram a instalar cortinas de plástico nos ônibus para proteger os motoristas …

A proteção será instalada de forma gradativa e a previsão é de que até o fim de semana toda a frota esteja com a barreira física instalada.

 

 

Quatro empresas que operam no sistema do transporte coletivo de Cuiabá e Várzea Grande começaram a instalar cortinas de plástico nos ônibus para proteger os motoristas contra o novo coronavírus.

A medida busca restringir os riscos de proliferação da Covid 19 na Grande Cuiabá, evitando o contato entre trabalhadores do sistema e população que depende do ônibus para se locomover.

Atualmente, 42 motoristas de Cuiabá e Várzea Grande estão afastados das funções após apresentarem sintomas da Covid 19 e outros 8 por testarem positivo, do total de 878 motoristas do sistema.

Desde o início da pandemia, as empresas de ônibus têm adotado medidas preventivas de modo a minimizas os riscos à saúde dos motoristas e também de passageiros:

  • Os motoristas trabalham com máscara facial e álcool em gel é disponibilizado a todos os passageiros na entrada do coletivo;
  •  Desinfecção e limpeza de balaústres e pega-mão dos ônibus nos pontos finais das linhas do sistema;
  • Criação de linhas especificas destinadas aos profissionais de saúde, sendo todos os coletivos identificados com adesivos;
  • Material de Publicidade na interna dos ônibus com dicas de prevenção e combate ao novo coronavírus;
  • Nos ônibus com ar condicionado, está sendo utilizado o sistema no modo de ventilação aberto, de forma a trocar o ar com o exterior. Nos ônibus sem ar condicionado as janelas precisam ficar abertas para uma melhor circulação do ar, quando for possível.

Outra iniciativa,é a aferição diária da temperatura dos trabalhadores, que é realizada pelas empresas do sistema. Caso algum motorista tenha temperatura acima de 37,8 graus retorna para casa e é orientado a procurar uma unidade de saúde para que seja apurada a situação.

Ainda assim, foi inevitável que seus motoristas fossem atingidos pelo vírus. Atualmente todos os motoristas estão em isolamento e tratamento em casa, ninguém internado. Infelizmente, no último fim de semana, um dos motoristas do sistema, que estava afastado das funções desde o dia 20 de junho, não resistiu as complicações causadas pela doença e morreu no Hospital São Benedito, onde estava internado para tratamento.

Seguem abaixo, empresas com quantidade de colabores afastados, que testaram positivo para o Covid 19:

Pantanal Transportes 16 01 – (344)
Expresso Caribus 14 03 – (156)
Integração Transportes 03 01 – (132)
União Transportes 09 03 – (246)

Gráfico atualizado em 13 de Julho 2020

 

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados