Destaque Noticias Variedades

Em parceria entre Prefeitura e SESC, mulheres terão acesso intensificado a exames de papanicolau e mamografia

Foi lançada na manhã desta segunda-feira (4), no SESC Arsenal, a campanha “Outubro rosa – seja sua própria heroína”, uma parceria entre a Prefeitura de Cuiabá, através das Secretarias Municipais de Saúde e da Mulher e da Empresa Cuiabana de Saúde Pública e Núcleo de Apoio à Primeira-dama Márcia Pinheiro, e o Serviço Social do Comércio – SESC. Por meio dessa ação conjunta, serão realizados cerca de mil exames de mamografia e Citopatológico de Papanicolaou (CCO) ao longo do mês de outubro. As coletas ocorrerão na Carreta Saúde da Mulher, que está localizada no estacionamento do SESC Arsenal.

No lançamento da campanha, a secretária municipal da Mulher, Luciana Zamproni, destacou a visão do prefeito Emanuel Pinheiro e da primeira-dama Márcia Pinheiro na elaboração de parceria que beneficiam à população cuiabana e agradeceu ao SESC pela ação. “Hoje nós estamos aqui no lançamento da campanha ‘Outubro Rosa – seja sua própria heroína’, idealizada pela primeira-dama Márcia Pinheiro, que convocou as secretarias para que pudessem estar aqui hoje fazendo essa parceria com o SESC. É de suma importância a parceria público-privada. Na gestão Emanuel Pinheiro nós temos feito desde o início e não é diferente agora. E nós agradecemos imensamente por essa complementação imensa de exames porque a rede municipal não vai parar de fazer os exames. Pelo contrário, hoje aqui nós estamos complementando, principalmente por causa da pandemia, quando muitas mulheres deixaram de fazer esses exames. Então, é um momento de reflexão, é um momento de clamar à sociedade para o Outubro Rosa e da prevenção porque a campanha deste ano ‘Seja sua própria heroína’ é o caminho pra cura”, disse.

O diretor regional do SESC, Carlos Rissato, destacou a importância de unir esforços em prol da saúde da população. “O SESC, apesar de não ter nenhum vínculo diretamente com o setor público, ele é totalmente privado e coordenado pela Fecomércio, nós estamos sempre ao lado do Poder Público para apoiar ações como essa. Outubro Rosa é algo único, fantástico! A gente insiste e trabalha nele com muita força poque a gente saber do poder da prevenção. O Brasil, infelizmente, ainda está longe da qualidade de prevenção necessária. A gente tem um índice de mortalidade por câncer de mama absurdo em relação a países de primeiro mundo porque o diagnóstico não é feito de forma precoce. Se nós tivéssemos condições de trabalhar mais forte com o diagnóstico precoce, 90% de todos os casos de mortalidade teriam sido resolvidos. Então o que a gente pode fazer enquanto uma entidade privada, que deve também apoio à sociedade, é um equipamento como esse à disposição de toda a sociedade, sem custo nenhum, nessa parceria com a Prefeitura. Pra nós é um prazer! Fazemos porque a gente sabe, tem plena consciência e convicção do valor desse trabalho”, asseverou.

A secretária municipal de Saúde, Suelen Alliend, agradeceu ao SESC pela cooperação e destacou que o diagnóstico precoce ainda é a forma mais eficaz de tratamento do câncer. “Tenho certeza de que essa campanha vai ajudar a muitas mulheres, tanto no diagnóstico quanto no tratamento”, afirmou.

Segundo ela, serão realizados 40 exames por dia na carreta, sendo 20 pela manhã e 20 no período da tarde. “Esses pacientes são oriundos da fila da Central de Regulação, que está triando esses pacientes dentro dos critérios para realização dos exames e, com isso, vamos desafogar a fila em mil pacientes que serão atendidas com essa ação, uma vez que havia uma demanda reprimida por conta da pandemia, em que os atendimentos ambulatoriais e eletivos foram suspensos e esses atendimentos ficavam dentro dos ambulatoriais”, explica a secretária. Após a coleta de amostras, os laudos dos exames serão feitos pelo Hospital do Amor de Barretos, reenviados para Cuiabá e entregues às pacientes na Sala de Acolhimento da Mulher, localizada no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). “Lá vai ter toda uma equipe que vai acolher essa mulher para estar entregando o resultado dos exames e, se der positivo, a gente vai estar encaminhando para o serviço de referência para fazer o tratamento”, complementa Suelen Alliend.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados