Destaque

Dona Eulália é homenageada como mestre da cultura

 Selecionado no edital Conexão Mestres da Cultura da SECEL, projeto utilizará cinco mídias/linguagens artísticas para realizar homenagem a Dona Eulália.  Eulália da Silva Soares, mais conhecida como Dona Eulália, será homenageada no projeto “Cuiabá de Eulália – Transmídia”, que foi contemplado no edital Conexão Mestres da Cultura da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e …

 Selecionado no edital Conexão Mestres da Cultura da SECEL, projeto utilizará cinco mídias/linguagens artísticas para realizar homenagem a Dona Eulália. 

Eulália da Silva Soares, mais conhecida como Dona Eulália, será homenageada no projeto “Cuiabá de Eulália – Transmídia”, que foi contemplado no edital Conexão Mestres da Cultura da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso (SECEL), realizado com recursos da Lei Aldir Blanc. O projeto foi idealizado pelo fotógrafo Amaury Santos e contará com a participação de artistas renomados como Valques Pimenta e João Eloy.

Dona Eulália tem 87 anos de idade e há 65 mantém viva e difunde a tradição do “Bolo de Arroz Cuiabano”, prato típico do Estado de Mato Grosso chancelado pela Lei n° 10.514 de 18 de janeiro de 2017, e um dos principais símbolos da cultura regional.

“Poder homenageá-la em vida como mestre da cultural através desse projeto de transmídia, é uma grande honra”, comenta Amaury.

A narrativa transmídia é uma forma de contar histórias. Nessa técnica, a história é dividida em várias mídias de modo que haja convergência entre elas e o expectador só conheça a história como um todo quando tiver acesso a todas as mídias. É como se fosse um quebra cabeça. Cada mídia conta uma parte da história e deixa as pessoas curiosas para conhecerem a história completa acessando as outras mídias.

“O projeto proporcionará às pessoas uma experiência singular e inovadora”, completa Amaury.

O projeto será formado por uma exposição fotográfica produzida por Amaury Santos, uma música inédita composta por João Eloy, um livro digital escrito por Karina Arruda, uma pintura sobre tela produzida por Valques Pimenta e um vídeo clipe produzido por Carlos Kavano.

João Eloy, mais conhecido como o Dr. do Rasqueado, morou no bairro da lixeira na infância e adolescência e conheceu de perto Dona Eulália e seus familiares. “Eu cantei nas bodas de ouro dela. É minha amiga particular e eu fiquei muito honrado quando me convidaram para fazer parte desse projeto e compor uma música inédita em homenagem a Dona Eulália. Ela é uma pessoa maravilhosa que é o símbolo da cuiabania e referência na gastronomia mato-grossense”, comenta João Eloy.

O projeto está em fase de produção e será lançado em abril, mas quem quiser acompanhar o seu desenvolvimento é só acessar o perfil do projeto no instagram @cuiabadeeulalia.

Contato: Amaury Santos [Diretor Geral do projeto] (65) 9 9641-8248

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados