Brasil Destaque

Alerta Amarelo! Previsão orienta sobre cuidados no período chuvoso

Alerta Amarelo, Chuvas Intensas: Goiás, Mato Grosso, Rondônia, Tocantins. É importante que nesse período chuvoso, as pessoas se mantenham alertas ao menor sinal de incidentes. Por Alessandra Barbosa O Instituto Nacional de Meteorologia – INMET publicou aviso iniciado em: 10/02/2020 11h20, que teremos chuvas entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h). …

Alerta Amarelo, Chuvas Intensas: Goiás, Mato Grosso, Rondônia, Tocantins. É importante que nesse período chuvoso, as pessoas se mantenham alertas ao menor sinal de incidentes.

Por Alessandra Barbosa

O Instituto Nacional de Meteorologia – INMET publicou aviso iniciado em: 10/02/2020 11h20, que teremos chuvas entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h). Baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

A Defesa Civil de Cuiabá orienta a população a redobrar os cuidados neste período de fortes chuvas na Capital, que compreende os meses de dezembro a março, principalmente em áreas com risco de alagamentos e deslizamentos. O coordenador operacional, tenente-coronel Paulo Selva explica que o órgão trabalha com duas métricas essenciais de acompanhamento.

A primeira checagem é feita considerando o volume de chuva acumulado durante um período mensal. Neste mês, até a data de hoje (10) o acumulado chegou a 120 milímetros, em comparação com a média histórica de 210 milímetros (registrada nos últimos dez anos). Já no mês de janeiro, os dados coletados apontaram nível abaixo da média histórica que era de 220 milímetros, registrando 130.

“Estamos no 10° dia do mês e é bem provável que atinjamos essa meta pelo monitoramento que estamos fazendo. Com isso, conseguimos alertar à população, principalmente os ribeirinhos e àqueles que vivem em áreas de risco”. A segunda métrica fica no Rio Cuiabá, na Orla do Porto, onde diariamente as equipes realizam o monitoramento. Até o momento, os dados coletados apontam que o nível do rio chegou a 2 metros e a cota de alerta é de 8,5 metros.

Ações recomendadas

* Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda).
* Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.
* Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193

*Em Cuiabá, as pessoas que se encontrarem expostas às situações de risco, como possíveis desmoronamentos, rachaduras, entre outros, deve acionar a Defesa Civil pelo número (65) 3623-9633.

 

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados