Destaque Esportes Noticias

Criado em Mato Grosso, Projeto Olimpus será exportado para outros estados

O orçamento do Projeto Olimpus será mais que triplicado em 2022. Anteriormente era de R$ 1,7 milhão por ano, este ano, salta para R$ 6 milhões

Lançado em 2020 pelo Governo de Mato Grosso, o Projeto Olimpus é hoje o mais relevante programa financeiro para desenvolvimento do esporte no Estado. O programa desenvolvido pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, se tornou referência para outros estados brasileiros como política pública mais exitosa no incentivo a atletas e técnicos.

“Estamos muito orgulhosos. Dois anos após a criação do Projeto Olimpus, já colhemos resultados muito positivos. E hoje, o programa criado aqui está servindo de inspiração para os secretários do Rio de Janeiro, Pernambuco e Espírito Santo, que entraram em contato conosco para compartilhar o nosso edital. Esse programa de desenvolvimento do esporte em Mato Grosso vai ajudar ainda mais atletas, Brasil afora”, comemora Beto Dois a Um, secretário de Cultura, Esporte e Lazer.

Semana passada, a Assembleia Legislativa aprovou e o governador Mauro Mendes sancionou a lei que amplia o Projeto Olimpus com a criação de novas categorias, valores atualizados e ainda mais abrangente, garantindo assim bolsa-atleta, bolsa-técnico e premiação por desempenho a atletas, paratletas e atletas-guia, em modalidades individuais e coletivas, e aos seus treinadores.

“O orçamento do Projeto Olimpus mais que triplicado, para 2022. Anteriormente tínhamos um orçamento de R$ 1,7 milhão por ano, este ano, com o apoio do governador Mauro Mendes e do secretário Beto, vamos garantir mais de R$ 6 milhões. A lei já está aprovada e o novo edital deve sair nas próximas semanas”, garante Jefferson Neves, secretário adjunto de Esporte da Secel-MT.

Com esse incremento, o Projeto Olimpus dá um salto exponencial. De 151 atletas atendidos em 2021, passa para mais de 600 atletas atendidos este ano. E de 28 treinadores atendidos (ainda em vigência) passa para 95 treinadores contemplados.

“Com muita satisfação temos o Projeto Olimpos sendo remodelado. O Governo de Mato Grosso criou novas categorias para atender as pontas, como os atletas que estão começando (Bolsa Atleta Infantil) e os atletas que estão no topo, aqueles que nos representam em grandes competições (Bolsa Atleta Internacional). É o Governo de Mato Grosso dando a prioridade que nosso esporte merece, da base ao alto rendimento”, conclui Jefferson.

 

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados