Destaque Eventos Noticias

Corrida do Bope reúne 3,5 mil competidores em Cuiabá

Corrida retornou depois de um ano e reuniu competidores de todo o Estado e todas as idades
Corrida retornou depois de um ano e reuniu competidores de todo o Estado e todas as idades

A chuva não impediu a festa dos 3.500 competidores adultos e crianças que participaram da 6º edição da Corrida do Batalhão de Operações Especiais (Bope), na noite deste sábado (19.02), nas ruas de Cuiabá. Divididos em categorias nas modalidades kids (para crianças), PCDs (Pessoas com deficiência) e adultos, os atletas percorreram as ruas da Capital em mais uma grande edição do evento.

A corrida de 2022 marcou o retorno da competição, que não foi realizada no ano passado por conta da pandemia da Covid-19. A prova também marcou o recomeço para diversos competidores, que mostraram que a idade não é um problema para competir. Como é o caso do senhor Cedil Pereira Lima, de 96 anos, que participou de todas as edições da corrida do Bope.

“Estou começando do zero (depois da pandemia). Correr para mim é a melhor coisa que tem para saúde, não tem nada que substitui, não tem nada igual. Eu não tomo remédio nenhum, tenho uma saúde perfeita, meu remédio é correr”, afirmou seu Cedil, que garantiu que estará presente na próxima edição da prova.

Assíduo corredor de rua, seu Cedil Pereira Lima, de 96 anos, retornou às competições na 6ª Corrida do Bope

Quem também esteve presente em todas as edições da Corrida do Bope foi o professor de corridas, Fernando Goes, de 40 anos. O atleta liderou um time de 50 competidores que participaram da prova e elogiou o crescimento da estrutura e da participação do público ao longo dos anos.

“A corrida cresceu na estrutura e no número de pessoas participantes. É uma corrida super valorizada e super bem organizada, com o pessoal vindo em peso. A chuva atrapalha, mas o evento vai acontecer do mesmo jeito, é a primeira corrida oficial depois de dois anos de pandemia e o pessoal está bem empolgado”, concluiu o professor.

O comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Jonildo José de Assis, participou da corrida e destacou que o evento já é tradicional e faz parte do calendário esportivo do Estado.

“A corrida do Bope é  a segunda maior corrida de rua de Mato Grosso. Esse grande evento vai além da competição, promove uma aproximação da Polícia Militar com a sociedade, abre os portões da casa dos ‘homens de preto’ para a população, permite ao cidadão  conhecer de perto nosso trabalho e ainda interagir com os nossos policiais militares. Isso é também promover Segurança Pública”, afirmou Assis.

O comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), tenente-coronel Fabiano Pessoa, agradeceu a presença do público mesmo debaixo de chuva e deixou o convite para a próxima edição do evento. “Agradeço a presença de todos os corredores, que aceitaram o desafio de estarem nessa corrida noturna, com público expressivo. Gostaria de agradecer a todos os nossos parceiros e colaboradores, e já aproveito para convidá-los para a sétima edição da corrida bope, em 2023”, finalizou o comandante do Bope.

Resultados

As competições começaram ainda durante a tarde, com a competição kids, que reuniu cerca de 200 crianças, em uma prova divertida, dentro do batalhão do Bope. Durante a noite foi a vez dos adultos competirem, mesmo após uma grande chuva. Os atletas não se intimidaram e superaram seus objetivos percorrendo um percurso montado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, com cinco e dez quilômetros.

Na categoria feminino geral de cinco quilômetros, a vitória ficou com Adriana da Silva Oliveira, de 31 anos. Já na categoria geral masculina, o vencedor foi Leandro Costa, de 31 anos. No percurso de dez quilômetros, a vencedora na categoria geral feminino foi Antônia Keyla da Silva Barros, de 28 anos, enquanto o vencedor na categoria masculino foi André Ramos de Souza, de 28 anos. Os demais resultados podem ser consultados no site oficial do organizador do evento

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados