Destaque Economia

Comércio volta a funcionar gradativamente a partir do dia 27, em horário especial

A decisão é baseada em dados do Ministério da Saúde, onde Cuiabá está no ultimo ranking de óbitos das capitais do Brasil.  O comércio vai abrir das 10h as 16h. Bares e Shoppings permanecem fechados.    Conforme decreto 7886, publicado nesta segunda-feira (20) pelo prefeito Emanuel Pinheiro o comércio na Capital retoma suas atividades gradativamente, …

A decisão é baseada em dados do Ministério da Saúde, onde Cuiabá está no ultimo ranking de óbitos das capitais do Brasil.  O comércio vai abrir das 10h as 16h. Bares e Shoppings permanecem fechados. 

 

Conforme decreto 7886, publicado nesta segunda-feira (20) pelo prefeito Emanuel Pinheiro o comércio na Capital retoma suas atividades gradativamente, a partir próxima segunda-feira (27). Emanuel destacou que a política de isolamento social contribuiu para que conseguíssemos controlar o avanço do novo coronavírus, causador da Covid-19.

O comércio varejista e atacadista em geral poderão ser retomadas a partir do dia 27, com horário limitado, cujo funcionamento poderá ser das 10h às 16h.

Os supermercados e outras atividades semelhantes tiveram seu horário expandido. A partir de segunda-feira, estes estabelecimentos poderão abrir suas portas às 6h30, funcionando até às 21h. As padarias continuam com o horário de funcionamento permitido das 6h às 19h.

Lojas de conveniências de postos de combustíveis e distribuidoras de bebida ainda apresentam a maior concentração de pessoas flagradas nas fiscalizações. Porém, elas estão autorizadas a manter o funcionamento das 8h às 19h, de segunda à sexta-feira, e das 8h às 13h aos sábados, domingos e feriados.

A prestação de serviços em geral, que estava impedida de funcionar, poderá retomar as atividades no dia 4 de maio das 8h às 14h. 

As indústrias que estavam com as atividades suspensas, por sua vez, poderão reabrir as portas a partir de 11 de maio, três dias na semana, das 6h às 16h. Esse horário deverá observar a troca de turnos, sendo a equipe dividida em duas.

Entretanto shoppings e academias terão autorização para retomar suas atividades no mês de maio, mediante novo decreto. Ele afirmou que ainda não é possível estimar uma data para uma retomada segura dessas atividades, porque elas têm uma concentração maior de pessoas.

Igrejas e templos religiosos também poderão retornar as atividades gradativamente a partir da próxima segunda-feira. Mas também deverão observar alguns protocolos: estão permitidas apenas seis celebrações religiosas por dia, sendo duas em cada período.

Antes de cada celebração o templo deverá realizar higienização completa do espaço. Essas igrejas também deverão respeitar a limitação de 30% de sua capacidade, restringir o aperto de mãos e abraços, além de exigir que todos os fiéis estejam utilizando máscaras.

Emanuel explicou que a data de 10 de maio foi escolhida porque marca o 50º dia após o primeiro registro de infecção no estado. Segundo ele, essa quantidade de dias é importante para analisar o controle da pandemia no município.

A retomada gradual das atividades só foi possível graças ao achatamento da curva, resultado da política de isolamento total aplicado pela Capital. Caso Cuiabá ignore os cuidados exigidos e ignore os riscos da pandemia, explicou o prefeito, todos os esforços feitos até agora terão seus efeitos anulados.

O Chefe do Executivo afirmou que sua decisão é baseada em orientações técnicas e científicas da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados