Destaque

“Blitz da Saúde” fiscaliza condições de atendimento na UPA Morada do Ouro

A fim de apurar denúncias de precariedade, um grupo de vereadores da Câmara Municipal de Cuiabá visitou a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Morada do Ouro na manhã desta sexta-feira, dia 28. A fiscalização foi capitaneada pelo vereador Luis Cláudio (PP), líder do prefeito no Paramento Municipal. Também participaram da visita os vereadores Adevair …

A fim de apurar denúncias de precariedade, um grupo de vereadores da Câmara Municipal de Cuiabá visitou a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Morada do Ouro na manhã desta sexta-feira, dia 28. A fiscalização foi capitaneada pelo vereador Luis Cláudio (PP), líder do prefeito no Paramento Municipal.
Também participaram da visita os vereadores Adevair Cabral (PSDB), Toninho de Souza (PSD) e Misael Galvão (PTB), presidente do Legislativo.
Na oportunidade, foi constatada falta de medicamentos como antibióticos, e ainda deficiência no quadro de profissionais médicos devido à falta.
“Verificamos a falta de alguns medicamentos, insumos, pediatra insuficientes, atendimento de pacientes do interior do Estado e algumas coisas estruturais que vamos tentar resolver junto a Prefeitura, para garantir melhor qualidade no atendimento”, pontuou Luis Claudio.
Toninho, que integra a Comissão de Saúde e Previdência Social do Legislativo Cuiabano, afirma que será produzido um relatório, o qual será entregue em mãos ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).
“Esse relatório irá apontar as principais dificuldades que encontramos, e vamos estar reivindicando aquilo que falta com o objetivo de melhorar o atendimento a população”, enfatizou o social democrata.
O presidente da Casa de Leis afirma que irá agendar uma reunião com o chefe do Executivo Municipal para quarta-feira (04) para tratar do assunto.
“Um dos grandes problemas desta UPA é a falta de médicos e medicamentos, e isso nos deixa muito preocupado. Então, vamos solicitar urgente uma reunião com prefeito para que possamos fazer esse encaminhamento e resolver esse impasse”, completou.
Adevair afirma que irá cobrar veentemente uma postura do prefeito quanto ao que foi constatado na unidade de saúde. “Sou dessa região e estávamos recebendo algumas reclamações e viemos checar. Verificamos e vamos cobrar do prefeito soluções imediatas para isso”, disse.
A vistoria foi aprovada pelos servidores e o coordenador da unidade passou os dados de todos os procedimentos realizados e afirmou que a UPA do Morada do Ouro atende entre 450 a 500 pessoas diariamente, onde divide o atendimento com pacientes da baixada cuiabana e de outros municípios do estado, além da grande Cuiabá, para qual foi criada na capital mato-grossense.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados