Destaque

Blairo declara apoio a Emanuel Pinheiro no 2º turno

Ex-ministro da Agricultura e ex-governador de Mato Grosso, Blairo Maggi declarou apoio neste segundo turno ao prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro (MDB).   A cúpula do PP  se reuniu na manhã desta terça-feira (17), no escritório de Maggi. O deputado federal e presidente estadual do PP, Neri Geller, deputado estadual Paulo Araújo, senador eleito Carlos …

Ex-ministro da Agricultura e ex-governador de Mato Grosso, Blairo Maggi declarou apoio neste segundo turno ao prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro (MDB).

 

A cúpula do PP  se reuniu na manhã desta terça-feira (17), no escritório de Maggi. O deputado federal e presidente estadual do PP, Neri Geller, deputado estadual Paulo Araújo, senador eleito Carlos Fávaro e o secretário geral do PP, Euzébio Diniz também participaram  do encontro.

Para Emanuel Pinheiro, o apoio de Blairo é importante, porque que, enquanto ministro da Agricultura, junto com o senador Wellington Fagundes (PL)  foi possível Emanuel articular com o  ex-presidente Michel Temer a  inserção de Cuiabá no Programa Chave de Ouro, que destinou para  a obra do Hospital Municipal de Cuiabá  (HMC) R$ 100 milhões.

“Fico feliz em receber o apoio do ex-ministro Blairo Maggi, que sempre ajudou a nossa capital e principalmente por ele ter nos ajudado na articulação para ter o recurso para equipar o HMC. E a nossa meta será investir ainda mais na saúde e continuar transformando uma Cuiabá para todos. Mais humanizada, inclusiva e fazendo com que os serviços da prefeitura chegue em todos os cantos. Nós não estamos fazendo promessas, mas já estamos trabalhando. Cuiabá hoje é esse canteiro de obras e não podemos parar”, destacou o emendebista.

Pinheiro encabeça a coligação “A Mudança Merece Continuar”, composta por 11 partidos – MDB, PV, PSDB, REPUBLICANOS, PL, PTC, PCdoB, PMB, PTB, SOLIDARIEDADE e o PP – e tem como candidato a vice-prefeito, José Roberto Stopa (PV).

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Itens relacionados