EsportesNotícias

Real Madrid espanta zebra e enfrenta o Grêmio na final do Mundial de Clubes

Foi muito mais difícil e sofrido do que todos poderiam imaginar, mas o Real Madrid confirmou seu favoritismo e derrotou o Al-Jazira por 2 a 1, de virada, na semifinal do Mundial de Clubes. A decisão, diante do Grêmio, que ontem passou pelo Pachuca, será no sábado, às 15h (horário de Brasília).

O Real Madrid não teve vida fácil em Abu Dhabi. Como esperado, o clube espanhol dominou o jogo e empilhou oportunidades, mas parou em um inspirado Ali Khaseif, goleiro do Al-Jazira.

Aos 30 minutos, Casemiro, de cabeça, enfim conseguiu balançar a rede, mas o árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci consultou o árbitro de vídeo e anulou o lance, anotando impedimento de Benzema.

O que quase ninguém acreditava aconteceu aos 40 minutos. Em um contra-ataque, e contando com falha da defesa espanhola, Romarinho recebeu na área e bateu no canto de Navas para abrir o placar.

O Al-Jazira marcou novamente logo no começo do segundo tempo, com Bousoufa, mas o árbitro de vídeo entrou em ação mais uma vez e o gol foi anulado – o jogador estava em impedimento.

Pouco depois, Ali Khaseif, destaque da partida, sentiu lesão na coxa direita e foi substituído por Al Senani. O substituto não teve tempo nem de esquentar e o Real empatou, com um chute forte de Cristiano Ronaldo aos sete minutos.

A partir daí recomeçou o bombardeio espanhol, com Benzema acertando a trave duas vezes e Al Senani fazendo importantes defesas. De tanto pressionar, o Real chegou à virada. Bale, que havia entrado em campo no minuto anterior, aproveitou passe de Lucas Vázquez e chutou colocado para colocar o Real na final.

O Globo

Artigos relacionados

Fechar