Cornetadas

Promotor manda investigar possíveis fraudes na Unemat e em Fundação

O promotor de Justiça Mauro Zaque, da 11ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, instaurou um inquérito civil público para investigar os convênios celebrados entre a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e a Fundação de Apoio ao Ensino Superior Público Estadual (Faespe).

A medida se deu em decorrência de ofício enviado pelo chefe da Controladoria-Geral do Estado (CGE), Ciro Rodolpho Gonçalves, que encaminhou também ao Ministério Público Estadual (MPE) um relatório de auditoria sobre os contratos firmados entre Unemat e Faespe.

Zaque destacou que mesmo com as informações prestadas pela CGE, ainda não há elementos necessários para a representação de uma denúncia na esfera cível.

Artigos relacionados

Fechar