DestaqueNotíciasPolítica

Previdência tem ‘rombo’ de R$ 722 milhões em Mato Grosso

Presidente da AL MT, Eduardo Botelho

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), declarou que a previsão para o déficit financeiro na previdência de Mato Grosso é de um crescimento de 50% para 2017 comparado aos últimos dois anos.

A declaração foi dada na sexta-feira (10) durante audiência pública na sede do Legislativo que discutiu a reforma da previdência idealizada pelo governo federal.

De acordo com dados da Secretaria de Planejamento (Seplan), Mato Grosso registrou um déficit na previdência social de R$ 553 milhões em 2015. No ano seguinte, subiu para R$ 722 milhões.

A projeção de crescimento do déficit ainda permanece e a estimativa é que atinja até R$ 864 milhões.

“Em dois anos, houve um crescimento aproximado de 50%. Isso é muito preocupante ainda mais em um cenário que exige contenção de despesas. Se não tomarmos providências o déficit financeiro poderá chegar a R$ 1 bilhão e tornar-se insustentável”, disse.

Para identificar soluções que possam reduzir o prejuízo financeiro, Botelho afirmou que será criada uma comissão especial na Assembleia Legislativa.

A criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Fundo Previdenciário de Mato Grosso (MT Prev) também está sendo discutida no legislativo.

A deputada Janaína Riva (PMDB) é autora de uma CPI para investigar o MT Prev para descobrir a origem da crescente dívida da Previdência Estadual.

Assinaram o requerimento os deputados Guilherme Maluf (PSDB), Jajah Neves (PSDB), José Domingos Fraga (PSD), Oscar Bezerra (PSB) Adriano Silva (PSB), Allan Kardec (PT) e Valdir Barranco (PT).

“Nós estamos em crise na previdência porque houve uma mudança de perfil. O brasileiro está vivendo mais. Nós precisamos encontrar um ponto de equilíbrio e isso será alcançado por meio de discussão com todas as partes envolvidas”.

A Assembleia Legislativa também avalia criar uma comissão especial para debater a reforma da previdência.

Artigos relacionados

Fechar