DestaqueGeralNotícias

MT tem a 3ª maior taxa de casos de estupros a cada 100 mil habitantes do país, diz anuário

No ano passado, manifestantes fizeram manifesto e espalharam cartazes em Cuiabá (Foto: Lislaine dos Anjos/G1)

O estado de Mato Grosso teve a terceira maior taxa de casos registrados de estupros a cada 100 mil habitantes do país, em 2016. O dado consta na 11ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. O levantamento, elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, foi divulgado na segunda-feira (30).

Quase 49 casos a cada 100 mil habitantes foram notificados em Mato Grosso, no ano passado. Ao todo, foram registrados 1.614 ocorrências de estupro pela polícia. A média é de quase cinco casos por dia.

O estado fica atrás apenas de Mato Grosso do Sul, que registrou taxa de 54,4 casos e do Amapá, que teve 49,2 casos por 100 mil moradores. Roraima (45,5) e Santa Catarina (44,6) completam o ranking.

Por outro lado, os estados do Espírito Santo e do Rio Grande do Norte tiveram a menor taxa no ano comparado. Foram 4,7 e 5,9 casos, respectivamente.

Do total de estupros registrados em Mato Grosso, 353 ocorreram em Cuiabá. Em comparação com as outras capitais, Cuiabá teve a segunda maior taxa com 60,3 casos a cada 100 mil habitantes, ficando atrás de Macapá (AP), que teve 63,2 registros.

Segundo o fórum, o conceito de estupro inclui, além da conjunção carnal, os atos libidinosos e os atentados violentos ao pudor.

G1

Artigos relacionados

Fechar