EsportesNotícias

Marquinhos e Clayton decidem e recebem elogios após goleada

    Foto: Daniel Augusto Jr.

O Corinthians conseguiu além da goleada por 5 a 2 sobre o Vasco na noite desta quarta-feira, em São Januário, assistir à volta por cima de nomes até então muito criticados pela torcida. Autor de um gol e uma assistência, Marquinhos Gabriel impressionou pela calma demonstrada. Quando saiu, já no final do segundo tempo, deu vaga a Clayton, autor dos últimos dois gols do embate.

A dita “recuperação” dos atletas, prometida pelo técnico Fábio Carille desde o início do ano àqueles que não estavam no rol de queridos pela Fiel, foi celebrada pelos companheiros. Entre abraços e “tapinhas” nas costas pelo desempenho, a dupla também fez questão de exaltar o restante do elenco na performance.

“O dois gols que eu participei foram mérito de toda equipe, se não tivesse movimentação do Jô no gol dele e a minha no meu gol no passe de Arana, os gols não teriam saído”, explicou Marquinhos, que também teve boa participação ao segurar a bola no ataque no início da etapa final, quando o Corinthians pareceu abalado pelos dois gols do adversário.

“”Foi um jogo meio doido, jogo bom. É claro que a gente não queria ter tomado aqueles dois gols em falta de concentração, algo que não é normal na nossa equipe. Mas são situações novas, servem para a gente crescer e ver onde foram os erros. O time teve maturidade, cresceu na partida e foi eficiente”, explicou o centroavante Jô, que recebeu a assistência de Marquinhos e deu o passe para o primeiro de Clayton.

“A gente trabalha todos os dias e espera oportunidade para ajudar a equipe da melhor forma possível”, comentou Clayton, que perdeu espaço após algumas más atuações, principalmente diante do Internacional, no estádio de Itaquera, quando perdeu gol feito que poderia evitar a desclassificação corintiana.

“Hoje todo o grupo está de parabéns. Sair ganhando de 2 a 0 e tomar o empate em dois minutos é complicado. A equipe soube jogar nos segundo tempo, teve paciência e soube aproveitar os contra-ataques. Estamos de parabéns”, disse, dividindo seu desempenho com outros nomes que pouco vinham entrando em campo.

“A partida foi muito boa para a equipe do Corinthians, o ataque foi eficiente hoje. É bom exaltar a força do grupo, pois três jogadores foram para a Seleção. O Marquinhos e o Clayson entraram muito bem hoje, assim como o Paulo Roberto na lateral. Eu, Pedrinho e Giovanni também entramos bem no segundo tempo. Isso mostra a força do grupo. Isso é importante nesse momento”, concluiu o camisa 9.

Artigos relacionados

Fechar