EsportesNotícias

Jô minimiza derrota do Corinthians e discorda de avaliação de Carille

Artilheiro alvinegro, Jô vê vantagem corintiana ainda considerável (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

O centroavante Jô tratou de colocar panos quentes na instabilidade do Corinthians após a derrota por 2 a 0 para o Bahia, no domingo, em Salvador. Artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro com 14 gols, o camisa 7 se apega na vantagem do líder sobre os seus maiores perseguidores.

Com o revés, o time alvinegro manteve-se com 58 pontos, nove a mais que o segundo colocado Grêmio e a dez de diferença para o Santos, que complementa a 28ª rodada nesta segunda-feira, contra o Vitória, no Pacaembu.

“O campeonato é difícil, mas ainda temos a vantagem. Ela pode diminuir, mas ainda é considerável. As rodadas vão diminuindo e as coisas vão se encaminhando bem. Quarta-feira tem um grande jogo e a vida tem que seguir”, analisou o atacante.

A partida a que Jô se refere é o duelo com o Grêmio, nesta quarta-feira, em Itaquera. Uma oportunidade para o líder se distanciar ainda mais dos gaúchos.

“Esse campeonato está muito acirrado, está bacana de ver. Há duas rodadas estávamos com uma vantagem boa para o Grêmio, agora já tiraram um pouco. É um confronto direto, diminui as rodadas, vamos passo a passo e tentar fazer o melhor para vencer”, projetou.

Com apenas uma chance em toda a partida, em cabeçada defendida pelo goleiro Jean, Jô discordou da avaliação rígida do técnico Fábio Carille sobre a atuação corintiana na Arena Fonte Nova.

“O ano todo está sendo assim. É nosso modo de jogar. Se for analisar todas as partidas, eu tenho uma ou duas chances sempre. Não consegui ver um jogo tão ruim assim, mas é o nosso treinador, a gente respeita, ele sabe o que fala. Temos que rever o jogo, ver onde erramos para no próximo acertar”, concluiu.

Artigos relacionados

Fechar