DestaqueNotíciasPolítica

Gilmar Fabris cobra unidade do IML e Politec em Várzea Grande

Por unanimidade, o plenário da Assembleia Legislativa aprovou indicação do deputado estadual Gilmar Fabris (PSD) que defende junto ao governador Pedro Taques (PSDB) a construção de uma unidade do Instituto Médico Legal (IML) e da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) no município de Várzea Grande.

Cópias da indicação também foram encaminhadas ao secretário chefe da Casa Civil, Paulo Taques, e ao secretário de Justiça e Direitos Humanos, Airton Benedito Siqueira.

Segundo maior município de Mato Grosso com população estimada em 271.339 habitantes conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Várzea Grande não tem sede do IML e tampouco dispõe de técnicos de necropsia de órgãos.

Por isso, todos os procedimentos são realizados em Cuiabá, o que gera uma sobrecarga de trabalho e, consequentemente, atraso na liberação dos corpos para a família das vítimas.

Diante desta situação crítica e visando garantir dignidade neste serviço prestado pelo Estado, o deputado Gilmar Fabris entende que é necessário atender Várzea Grande com urgência, uma vez que, também favorecerá outros municípios da Baixada Cuiabana.

“A chegada do IML e da Politec favorece não só os várzea-grandenses, mas também aos moradores dos municípios vizinhos como Nossa Senhora do Livramento, Poconé e Jangada”, destaca o parlamentar.

Tags

Artigos relacionados

Fechar