Retórica Política

Frederico Campos | Segundo governador após a divisão do Estado

Frederico Carlos Soares Campos, mais conhecido como Frederico Campos foi Prefeito por duas vezes da cidade de Cuiabá, secretário de Estado e governador de Mato Grosso entre 1979 e 1983.

Sobrinho do General Dilermando Gomes Monteiro, comandante todo poderoso II Exército de São Paulo, foi influenciado por ele a filiar-se ao partido ARENA (atual DEM). Logo depois logrou-se prefeito de Cuiabá nomeado pelo governador Pedro Pedrossian, cumprido o mandato entre 1967 e 1969.

Durante o governo de Garcia Neto (1975-1978) foi secretário de Obras. No final de 1978, foi indicado pelo presidente Ernesto Geisel a assumir como governador do Estado de Mato Grosso, sendo o segundo a ocupar o cargo de Governador após a divisão do Estado.

Com perfil extremamente rigoroso, conduziu o Estado exigindo que seus comandados, de todos os escalões, trabalhassem com toda honestidade para que não houvessem problemas de desvio de dinheiro que poderia ser investido em benefício da população.

Em 1988, voltou para a prefeitura de Cuiabá vencendo sua primeira eleição direta pelo PFL. Administrou a cidade até 1993 sendo sucedido por Dante de Oliveira (PSDB).

Em 2006 disputou, sem sucesso, um mandato de deputado estadual pelo PTB.

Fechar