Cuiabano assina com agente da NFL e realiza feito inédito para um brasileiro

Jonathas Gabetel - Da Redação

Durval Neto ao lado de KJ, seu agente na NFL (Foto: divulgação)

O sonho de todo jogador de futebol americano, em qualquer parte do mundo, é poder um dia jogar pela National Football League (NFL), a liga de futebol americano dos Estados Unidos, a maior do mundo. O cuiabano Durval Neto deu um passo importante rumo à concretização deste sonho.

Duzão, como é conhecido, assinou contrato com um agente da NFL e viajará para Clemson, no estado americano da Carolina do Sul, em janeiro do próximo ano. O atleta do Cuiabá Arsenal passará por um período de desevolvimento no TNT Sports, centro de treinamento de jogadores da NFL . Duzão tornou-se o primeiro brasileiro a assinar contrato com a NFL sem nunca ter jogado nos EUA.

O agente em questão é o americano Kenneth Joshen (KJ), treinador do Cuiabá Arsenal. KJ estava estudando para ser agente da NFL, conquistando seu certificado para exercer a função em outubro deste ano. “Ele sempre disse que eu tinha capacidade. Ele me dizia: ‘se você treinar e eu passar na prova, serei seu agente’”, afirmou Duzão. A assinatura do contrato aconteceu no último dia 30.

O cuiabano de 25 anos atua como Defensive Tackle, tem 1,94m e pesa 140kg. “Eu tenho boas medidas, mas não sou tecnicamente igual aos jogadores americanos. Vou para lá para treinar e pode competir com eles por uma vaga em algum time”, disse o jogador.

Nos Estados Unidos, os jovens que se interessam pelo futebol americano começam a praticá-lo dentro das universidades. Disputam campeonatos em nível universitário até chegar o momento de serem escolhidos pelos times profissionais, procedimento chamado de Draft. Duzão, no entanto, passará por procedimento diferente, já que não estudou no país. Ele espera mostrar bons resultados nos treinamentos para despertar atenção de algum time, que o contrate via agente, o que deve acontecer entre março e abril de 2018.

Duzão tem boas expectativas quanto ao período que passará fora do país. “Espero que dê certo. Minha visão é ser um espelho. Se eu conseguir fazer essa ponte, vou abrir portas para outros jogadores brasileiros de futebol americano”, comentou. “No Brasil existem muitas estrelas escondidas. Aqui não fazem estatísticas dos jogadores, falta divulgação”, finalizou.

Seleção Brasileira

Antes da viagem aos EUA, o atleta terá compromisso com a seleção brasileira de futebol americano. No próximo dia 16, Duzão vai a Belo Horizonte enfrentar a Argentina, em amistoso no estádio Mineirão. Essa foi a primeira convocação do atleta para a seleção brasileira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here