DestaqueNotíciasPolítica

AL espera presidente para agir contra deputados delatados por Silval

Vice-líder da AL MT

O Vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Drº Leonardo Albuquerque (PSD) afirmou que os parlamentares da Casa aguardam o retorno do presidente Eduardo Botelho (PSB) para que sejam tomadas medidas quanto ao caso dos deputados que foram citados na delação premiada do ex-governador Silval Barbosa (PMDB).

“A gente não quer a desgraça de ninguém mas queremos que a justiça seja feita. Mas assim que o presidente da Casa voltar, nós daremos o andamento nessa situação. Ninguém pode obrigar outra pessoa a afastar do cargo. O que eu não adimito é ser nivelado da mesma forma, mas temos que saber que precisa haver uma investigação”, disse o parlamentar de primeiro mandato.

O deputado Valdir Barranco (PT) explicou que os parlamentares do grupo da oposição devem se reunir na próxima semana para definir qual ação será tomada. Cerca de 15 deputados da atual legislatura foram citados na delação do ex-gestor. O petista destaca que o atual governador do Estado, Pedro Taques (PSDB), também é citado na delação em várias ocasiões e que precisa ser investigado.

“Quem realmente estiver envolvido, após a ampla defesa e se for comprovado, que seja punido. O clima tá morno, não conseguimos realizar sessões. Ainda não houve um apelo social para com a Assembleia e o pedido de afastamento ainda é prematuro tendo em vista que os parlamentares não tiveram a oportunidade de se defender. Mas se for pra afastar, o governador também deve ser afastado porque na delação fala que ele recebeu caixa de dois de várias empresas na campanha”, ressaltou o deputado.

A Gazeta

Artigos relacionados

Fechar